top of page

FAÇA SUA BUSCA PELO SITE

8603 itens encontrados

  • Escola da Amau promoverá curso sobre PICS

    Presidente da entidade, Leandro Marcio Puton reuniu secretários de saúde para falar sobre as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde                Na tarde desta sexta-feira, 5 de julho, os secretários de saúde da região Alto Uruguai, terapeutas e profissionais da área estiveram reunidos na sede da Amau com o seu presidente e prefeito de Gaurama, Leandro Márcio Puton, para discorrer sobre as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde – PICS, que será tema de um curso oferecido pela Escola de Educação e Gestão da Amau.                A intenção é aperfeiçoar o programa nos municípios em que ele já é desenvolvido e capacitar profissionais para que incentivem os gestores a implementar as PICS naqueles que ainda não disponibilizam o serviço.                “Precisamos produzir e incentivar a saúde preventiva em nossos municípios e este programa vem para trabalhar nisso. Mas é fundamental entender como ele funciona, quais são os profissionais capacitados para desenvolver estas práticas e ainda quais são elas”, destacou Puton. E é isso que o curso através da Escola da Amau quer proporcionar. “O servidor público de carreira será o público-alvo desta capacitação, pois o objetivo da Amau é que este programa seja permanente nos municípios”, observou o presidente.                Eloir Griseli, terapeuta e um dos organizadores do Seminário de Promoção e Prevenção à Saúde (que ocorrerá dia 8 de agosto na UFFS em Erechim), pontuou que as PICS desde 2006 fazem parte das práticas denominadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas. Conforme Griseli ela está disponível no SUS como um “complemento a medicina tradicional, como o nome já diz”. E afirma que o diálogo, a aproximação com o indivíduo para conhecer as suas dores e aplicar as práticas, é capaz de curar o seu emocional e consequentemente as suas doenças.                Segundo o Ministério da Saúde, as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS)  são abordagens terapêuticas que têm como objetivo prevenir agravos à saúde, a promoção e recuperação da saúde, enfatizando a escuta acolhedora, a construção de laços terapêuticos e a conexão entre ser humano, meio ambiente e sociedade. Atualmente, o  Sistema Único de Saúde (SUS)  oferece, de forma gratuita, 29 procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) à população. Entre elas está o yoga, reiki, musicoterapia, meditação, acumpuntura, homeopatia, constelação familiar, entre outras.                O encontro teve a participação e apoio da 11ª Coordenadoria Regional de Saúde, através do seu coordenador Paulo Rucinski e do Instituto Federal de Educação de Erechim (IFRS), através de seu diretor Sidinei Dall Agnol.    Fotos e texto: Aline Carelli - assessoria de imprensa Amau

  • Obras e intervenções: EGR alerta usuários para serviços na ERS-135

    A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) está trabalhando em trechos estratégicos para qualificar a malha viária do Rio Grande do Sul, realizando obras em oito estradas nesta semana, o que exige a máxima atenção dos condutores e pedestres. Entre segunda e sexta-feira (de 08 a 12/07), os grupos de trabalho atuarão em 23 frentes de trabalho, incluindo montagem do canteiro de obras para a construção da nova ponte da ERS-130, a reconstrução de rodovias afetadas pelas chuvas, a construção de interseções na Serra e no Vale do Taquari, a implantação de sinalização viária na Serra e no Norte do estado, a execução de manutenção asfáltica, roçadas, limpeza de margens, desobstrução da drenagem e conservação nas demais regiões. Em virtude da presença de trabalhadores e maquinários na pista, é fundamental que os motoristas redobrem a atenção e sigam as sinalizações indicativas das placas, além das orientações das equipes. A execução das obras podem ocasionar redução de velocidade, retenção de veículos, trechos em meia-pista e tráfego intercalado. A programação de obras poderá sofrer alterações em decorrência das condições climáticas desfavoráveis. Para o diretor-presidente da EGR, Luís Fernando Vanacôr, as intervenções fazem parte da elaboração do cronograma técnico desenvolvido toda a semana pela empresa. “Nosso objetivo é repor os trechos danificados pelas enchentes e qualificar as estradas em diferentes segmentos para melhorar a trafegabilidade e garantir mais segurança aos usuários que se deslocam diariamente pelos nossos trechos viários", salienta. No Norte do Estado, na ERS-135, as equipes executam reparos localizados nos quilômetros 15, em Coxilha, e no 39, em Sertão. Haverá instalação de drenos profundos no quilômetro 08, em Passo Fundo, e no quilômetro 40, em Sertão. Está prevista a implantação de reforço na sinalização em diversos segmentos entre os quilômetro 08 e 78, de Passo Fundo a Erechim, e limpeza de margens do quilômetro 45 ao 60, entre Estação e Getúlio Vargas. CONFIRA A RELAÇÃO COMPLETA DAS FRENTES DE TRABALHO, OS TRECHOS E MUNICÍPIOS ENVOLVIDOS: - CONSTRUÇÃO DE PONTE: ERS-130, no quilômetro 75, entre Arroio do Meio e Lajeado. - RECONSTRUÇÃO DE RODOVIA: ERS-129, no quilômetro 88, em Muçum (detonações e reconstrução de talude). ERS-115, no quilômetro 38, em Gramado (talude de contenção). - CONSTRUÇÃO DE INTERSEÇÃO: RSC-453, no quilômetro 23, em Cruzeiro do Sul. ERS-235, no quilômetro 46, em Canela. ERS-235, no quilômetro 04, em Nova Petrópolis. ERS-235, no quilômetro 08, em Nova Petrópolis. - MANUTENÇÃO NO PAVIMENTO E REPAROS LOCALIZADOS: RSC-453, do quilômetro 07 ao 18, entre Venâncio Aires e Cruzeiro do Sul. ERS-135, no quilômetro 08, em Passo Fundo (instalação de drenos). ERS-135, no quilômetro 15, em Coxilha. ERS-135, no quilômetro 39, em Sertão. ERS-135, no quilômetro 40, em Sertão (instalação de drenos). - SINALIZAÇÃO: ERS-235, do quilômetro 14 ao 22, em Nova Petrópolis. ERS-135, do quilômetro 08 ao 78, em Erechim (segmentos). - CONSERVAÇÃO, LIMPEZA DE MARGENS, DRENAGENS, ROÇADAS E TAPA-BURACOS: ERS-129, do quilômetro 67 ao 126, entre Encantado e Guaporé. ERS-130, do quilômetro 69 ao 75, entre Lajeado e Arroio do Meio. RSC-453, do quilômetro zero ao 29, entre Venâncio Aires e Lajeado. ERS-239, do quilômetro 18 ao 32, entre Novo Hamburgo e Araricá. ERS-115, do quilômetro zero ao 35, entre Taquara e Gramado. ERS-235, do quilômetro 12 ao 40, entre Nova Petrópolis e Canela. ERS-040, do quilômetro 25 ao 60, entre Viamão e Capivari do Sul. ERS-135, do quilômetro 45 ao 60, entre Estação e Getúlio Vargas. Texto: Ascom EGR Foto: Raphael Nunes/Ascom EGR

  • Famurs e associações regionais entregam reivindicações dos municípios gaúchos ao ministro das Relações Institucionais

    Oficio entregue ao ministro Alexandre Padilha nesta quarta-feira (3/07) pede socorro financeiro aos 497 municípios do RS. Pedidos serão levados ao presidente Lula O presidente da Famurs e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, e representantes das 29 Associações dos Municípios do RS entregaram um documento com reivindicações dos 497 municípios gaúchos ao ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha. O ofício solicitando respostas e socorro financeiro às prefeituras gaúchas foi entregue durante encontro realizado no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (3/07), como parte da agenda da Marcha a Brasília pela Reconstrução dos Municípios do RS, evento promovido pela CNM em parceria com a Famurs.  Conforme o presidente Arruda, os gestores municipais agradecem a ajuda e ações já anunciadas pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo governo federal através dos seus ministros, mas ressalta que os municípios gaúchos precisam de ajuda urgente e rápida em duas questões: o repasse extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e recomposição do ICMS e do ISS.  Em relação ao FPM extra, a entidade solicitou o repasse aos 402 municípios que não estão em calamidade pública e, por isso, não receberam este recurso. O valor seria utilizado na recuperação das estradas vicinais, vias importantes para o escoamento da produção primária e para o transporte escolar.  Já sobre os impostos, a Famurs pediu a garantia dos repasses de recomposição do ICMS e do ISS para municípios referente aos meses de maio e junho, o que totaliza R$ 2,5 bilhões aos cofres municipais. Ainda, a Federação solicitou um novo repasse em setembro, para cobrir eventuais diferenças na arrecadação que possam ocorrer de julho a setembro. O pedido visa garantir o orçamento municipal já estimado e assegurar a continuidade dos serviços públicos essenciais, além de promover a recuperação econômica em todo o estado. “Os municípios estão à beira de um colapso financeiro. Perdemos nos meses de maio e junho 25% da arrecadação do ICMS do governo do Estado. Foram R$ 2 bilhões a menos nos caixas das prefeituras. E a partir desse momento, nós vemos a preocupação dos nossos prefeitos e prefeitas, que precisam dar resposta à população, que está lá aguardando a restauração das estradas vicinais, das ruas, dos bairros, das empresas; o agricultor precisa de ajuda para recuperar sua lavoura que foi levada pela água”, justificou Arruda. “Viemos para Brasília para registrar que foi muito bem-vindo os recursos anunciados para ajudar empresas e pessoas, mas para os municípios, dos R$ 92 bilhões anunciados, apenas R$ 680 milhões entraram em caixa. Então temos uma dificuldade nos nossos municípios, precisamos de resposta e socorro do FPM extra e da garantia de recomposição do ICMS e do ISS, para que os prefeitos e prefeitas do RS possam continuar sua missão de ajudar a população, que é ela que está sofrendo lá na ponta”, declarou.  O ministro Padilha, em nome do governo federal, recebeu as demandas e se comprometeu em encaminhar as reivindicações ao presidente Lula e aos ministros de Apoio à Reconstrução do RS, Paulo Pimenta; da Fazenda, Fernando Haddad; e da Casa Civil, Rui Costa. A Famurs aguarda retorno do governo federal até o 17 de julho, data em estará acontecendo o 42º Congresso de Municípios do RS.

  • Iniciaram as obras da execução do projeto da nova cobertura, do coreto e construção de camarim no Calçadão na Praça General Flores da Cunha

    Já tiveram início as obras do projeto de Revitalização do Calçadão na Praça Municipal General Flores da Cunha. O projeto, amplamente discutido em Audiências Públicas com a comunidade, visa modernizar o espaço do Calçadão da praça, proporcionando bem-estar, leveza e funcionalidade ao espaço central da cidade, com a instalação de uma nova cobertura do calçadão e do coreto e do novo palco de eventos e shows, além de instalação de camarins. A proposta é dar maior ênfase no novo uso ao coreto da praça.  Uma obra que será executada ainda neste ano de 2024 e que tem um investimento total de R$ 995.000,00, sendo R$ 695.000,00 de recursos livres e R$ 300.000,00 de Emenda Parlamentar do Deputado Giovani Cherini. Entre as diretrizes do projeto estão modernidade e inovação nas formas; proporcionar diversos usos ao coreto; e pensar em espaços funcionais, melhorando a qualidade no uso do dia a dia. O QUE SERÁ FEITO: - Cobertura do calçadão: será colocada uma cobertura totalmente nova, aumentando sua área para 942,50m²; trazer um novo desenho e linguagem arquitetônica diferente da atual para o espaço, de acordo com as modificações que já vem sendo feitas no restante da Praça; e diminuir o número de pilares de sustentação para liberar espaço e melhorar os visuais, além de trazer um formato diferenciado. - Cobertura do coreto: Tornar o coreto o palco principal da praça: utilizando sua cobertura para aproximá-lo da cobertura principal, totalizando uma área de 407,40m² de cobertura; Criação de dois camarins com banheiros na parte posterior do palco, permitindo que a infraestrutura do coreto seja completa, sem necessidade de outros pontos de apoio; e possibilidade de novos usos, antes limitados. Essa requalificação promete transformar o Calçadão da Praça General Flores da Cunha em um espaço moderno e funcional, atendendo às necessidades da comunidade e revitalizando o coração de Getúlio Vargas.

  • Dia do Cooperativismo destaca ações realizadas pela Emater-RS/ASCAR

    O Dia Internacional do Cooperativismo (06/07), celebrado sempre no primeiro sábado de julho, chama atenção para as atividades das cooperativas assistidas pela Emater/RS-Ascar. Com o lema “Juntos fazemos mais pelas pessoas e pelas comunidades inteiras”, definido para a data no ano de 2024, as instituições se preparam para o “Dia C”, ou Dia de Cooperar. As cooperativas assessoradas pelo Programa de Extensão Cooperativa da Emater/RS-Ascar desenvolvem diversas iniciativas através do Estado. Uma ação, capitaneada pela Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs), foi o “solidômetro”, cuja meta é envolver um milhão de pessoas e arrecadar 12 toneladas de alimentos não perecíveis. As cooperativas interessadas podem se inscrever e participar. Na região de Erechim, há um núcleo de cooperativas de distintos ramos que organizam ações de voluntariado junto a entidades socioassistenciais. No município, são realizadas atividades, como cursos de boas práticas e de manipulação. Francisco Manteze, engenheiro agrônomo e coordenador do Programa de Extensão Cooperativa da Emater/RS-Ascar, acredita que o momento não seja exatamente de comemoração e ressalta a situação pela qual passa o RS. Para Manteze, a data será aproveitada para sensibilizar a sociedade a respeito da importância do cooperativismo e demonstrar para as pessoas que o sistema cooperativo está presente como parte da sociedade, quer ajudar as pessoas e é uma forma de desenvolvimento econômico e social.    No sábado (06/07), em Frederico Westphalen, uma feira regional de cooperativismo ocorre no calçadão da praça central da cidade. O evento surge como uma forma de mobilizar as pessoas, com o apoio do comércio local. Já na região de Santa Rosa, 20 entidades e dez cooperativas de cinco ramos do cooperativismo, em conjunto aos extensionistas da Emater/RS-Ascar, realizam uma exposição de produtos feitos por cooperativas e por agroindústrias a elas associadas. O objetivo das instituições é arrecadar tintas e outras doações para as regiões afetadas pelas enchentes. Segundo o extensionista, a pretensão é que essas ações se prolonguem durante todo o ano, e não apenas no mês de julho. Manteze define o momento como uma oportunidade para as pessoas conhecerem e terem contato com as atividades das cooperativas.

  • Presidente da Amau prestigia assinatura de contrato entre FZ Bionergia e empresa indiana em Viadutos

    Biorrefinaria de etanol contará com tecnologia indiana para sua construção               Na manhã desta quarta-feira, dia 03 de julho, em Viadutos, foi realizada a assinatura de contrato para a construção da usina de biodiesel entre a FZ Bioenergia e a empresa de Tecnologia de Etanol Amiláceo da índia – PRAJ. O evento aconteceu no anfiteatro municipal e contou com a presença de lideranças locais e regionais.             O presidente da Amau e prefeito de Gaurama, Leandro Márcio Puton prestigiou o evento. Conforme salientou em seu pronunciamento, “a Amau dá uma atenção muito grande para todos os investimentos que possam contribuir para o desenvolvimento da região. Quando estamos falando da produção de energia limpa, entendemos que isso contribui e muito para a questão do meio ambiente, uma vez que a energia é o que move o planeta. No entanto, precisamos encontrar outras formas de produzir energia que não impactem tanto o meio ambiente, visto que já estamos vivendo os reflexos das mudanças climáticas”, pontuou.             O empreendimento que será construído em Viadutos, foi anunciado em janeiro deste ano pela FZ Bionergia e prefeitura municipal. O investimento gira em torno de R$ 800 milhões. A unidade vai produzir etanol através do milho, triticale, cevada e trigo e deverá utilizar em torno de mil toneladas de matéria-prima por dia, oriundas de cerca de 10 mil produtores rurais da região.             A empresa indiana contratada possui cerca de mil plantas de etanol espalhadas pelo mundo.

  • Copa América: Brasil encara Colômbia de olho na liderança do Grupo D

    Seleção joga às 22h desta terça e depende de empate para ir às quartas de final A seleção brasileira de futebol entra em campo contra a Colômbia, na noite desta terça-feira (23), de olho na classificação às quartas de final da Copa América, nos Estados Unidos. O Brasil depende apenas de um empate no último duelo da fase de grupos para avançar na competição. Em caso de vitória, a seleção vira líder da chave D e terá o Panamá (segundo lugar no grupo C) como adversário nas quartas, escapando do Uruguai, primeiro colocado..Brasileiros e colombianos se enfrentam a partir das 22h (horário de Brasília), no Levi’s Stadium, na cidade de Santa Clara, na Califórnia. Se por um lado a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior chega embalada para a terceira partida da Copa América, após desencantar com placar de 4 a 1 sobre o Paraguai na última sexta (28) , do outro lado do campo estará a Colômbia, que ostenta uma invencibilidade de 25 jogos. Atual líder do Grupo D, a Colômbia tem seis pontos, obtidos com vitórias sobre o Paraguai (2 a 1 ) e Costa Rica (3 a 0). Já o Brasil soma quatro pontos (um empate sem gols contra a Costa Rica e a goleada contra o Paraguai). O embate de hoje pode ter clima de revanche, após o revés brasileiro (2 a 1), em partida das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2026, em novembro do ano passado..Na ocasião, a seleção estava sob comando do técnico interino Fernando Diniz.  Ciente do desafio que tem pela frente, o técnico Dorival Júnior fez suspense sobre os relacionados para o jogo desta noite, mas adiantou que não descartada mudanças no time. “Tem alterações dentro da necessidade da partida. Nós estamos estudando bastante a equipe colombiana, aliás uma excelente equipe, vem tendo uma regularidade muito boa e alcançando resultados muito interessantes”, elogiou Dorival, durante coletiva de imprensa na segunda-feira (1º). Quatro jogadores da seleção – Wendell, Éder Militão, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá - não podem correr o risco de receber o segundo cartão amarelo na partida de hoje, caso contrário ficarão fora da partida das quartas de final. “Não serão levados em conta [os cartões], vamos entrar com melhor formação possível para essa partida, independente da situação de cada um, queremos fazer nosso melhor e conquistar o melhor resultado possível”, garantiu o técnico. Na última sexta (28),  Dorival levou a campo  Alisson; Danilo, Éder Militão (Gabriel Magalhães), Marquinhos e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães (Douglas Luiz) e Lucas Paquetá (Andreas Pereira); Vinicius Júnior., Savinho (Raphinha) e Rodrygo (Endrick). Fonte: Agência Brasil

  • Expo Getúlio Vargas 2024 será lançada oficialmente dia 23 de julho

    Será lançada oficialmente, no dia 23 de julho, a Expo Getúlio Vargas 2024, feira setorial que engloba a 5ª Mostra da Construção, a 3ª Moda Show, o 3º Feirão do Automóvel, o 2º Espaço Agro, o 2º Pavilhão da Agroindústria Familiar, o 2º Espaço Sustentável e o 1º Pavilhão da Indústria, Comércio e Serviços. O evento acontece a partir das 19h, no Centro de Eventos F4. Na oportunidade, os participantes irão assistir a palestra “Cenário Econômico: desafios e oportunidades”, ministrada pelo diretor Executivo da Sicredi Aul Minas RS/MG, Roberto Frumi. Empresas, empresários, empreendedores e qualquer pessoa que tenha interesse em participar da Expo Getúlio Vargas 2024, que se realizará de 10 a 13 de outubro de 2024 no Centro Comunitário Centenário e arredores, estão convidados para participar. Para isso, basta confirmar presença pelo WhatsApp da ACCIAS 54 98434-6380 ou pelo email: prodege@accias.org.br . A Expo Getúlio Vargas tem como objetivo promover e fomentar o desenvolvimento das cadeias produtivas dos setores da construção civil, da moda, de automóveis, do agronegócio (máquinas e equipamentos agrícolas) e da agricultura familiar. A Comissão Organizadora é integrada pela Associação Comercial, Cultural, Industrial, de Agropecuária e de Serviços de Getúlio Vargas (ACCIAS), Prefeitura de Getúlio Vargas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico; Câmara de Dirigentes Lojistas de Getúlio Vargas (CDL); Sindicato Rural de Getúlio Vargas e Emater/RS/Ascar; e Sindicato Unificado dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Alto Uruguai – SUTRAF-AU.               SERVIÇO O QUE : Lançamento da Expo Getúlio Vargas 2024 – Feira Setorial (5ª Mostra da Construção, a 3ª Moda Show, o 3º Feirão do Automóvel, o 2º Espaço Agro, o 2º Pavilhão da Agroindústria Familiar, o 2º Espaço Sustentável e o 1º Pavilhão da Indústria, Comércio e Serviços) QUANDO: 23 de julho de 2024 HORÁRIO:  19h ONDE: Centro de Eventos 4F PARA QUEM: Todas as pessoas e empresas interessadas em participar da Expo Getúlio Vargas 2022

  • Eleita a Corte da Melhor Idade de Getúlio Vargas 2024/2026

    Mais de 300 idosos associados nos grupos da Terceira Idade elegeram, na tarde de sexta-feira, 28 de junho, a Corte da Melhor Idade de Getúlio Vargas. Por meio de processo democrático, durante o Baile realizado no Centro de Convivência dos Idosos Natalício José Botolli, eles puderam escolher entre quatro candidatas: Ilda da Rosa, representando o Grupo Unidos na Amizade; Janete Tyburski, do Grupo Vida Alegre; Joice Pellenz, do Grupo Entre Amigos, e Maria Inês Antoniolli, do Grupo Alegria de Viver. O baile contou com a participação de mais de 600 idosos. Após a apuração dos votos, realizada na presença de um representante de cada grupo, pela Comissão Organizadora e com auditagem do secretário municipal de Educação, Cultura e Desporto, David Zanoni, foram anunciadas as vencedoras: a ainha da Melhor Idade de Getúlio Vargas é Joice Pellenz, do Grupo Entre Amigo; as Princesa são Janete Tyburski, do Grupo Vida Alegre, e Ilda da Rosa, do Grupo Unidos na Amizade; e a Embaixatriz é Maria Inês Antoniolli, do Grupo Alegria de Viver. O Baile de Coroação da Corte da Melhor Idade será realizado no dia 31 de agosto, no Centro Comunitário Centenário, a partir das 13h30min. O ingresso é gratuito.

  • Marcha a Brasília pela Reconstrução dos Municípios do RS reunirá mais de 400 gestores gaúchos

    Em parceria, Famurs e CNM buscam garantir na Capital Federal o avanço de medidas emergenciais e estruturantes para reestabelecer os municípios gaúchos durante mobilização desta semana Mais de 400 de gestores municipais gaúchos estarão reunidos em Brasília a partir de hoje. A mobilização na Capital Federal é para a Marcha a Brasília pela Reconstrução dos Municípios do Rio Grande do Sul, evento promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em parceria com a Famurs. O encontro, que acontece nos dias 2 e 3 de julho, visa promover o avanço das medidas emergenciais e estruturantes para o reestabelecimento das localidades afetadas pelas enchentes no RS.  Conforme o presidente da Famurs e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, o RS vive hoje um dos momentos mais difíceis de sua história, por isso, é importante a Famurs e CNM dialogarem com o governo federal e Congresso Nacional, a fim de, com diálogo e união, buscar a reconstrução do nosso estado. “Vamos buscar o socorro necessário: a recomposição do ICMS e do ISS, e um FPM extra aos 402 municípios que ainda não receberam esse valor, que ajudará na recuperação das estradas e das cidades e, principalmente, para reerguemos a quarta maior economia do Brasil, que paga mais de R$ 100 bilhões de impostos”, frisou.  Durante os dois dias de Marcha, os gestores irão discutir com deputados e senadores sobre recursos extras aos municípios gaúchos. Entre as demandas, está o auxílio financeiro para todos os municípios e não apenas aos em calamidade; a garantia da recomposição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM); e a flexibilização para uso de saldos disponíveis nos cofres municipais.  A Famurs também buscará articulação em temas como a recomposição do ICMS e do ISS; a prorrogação dos financiamentos agrícolas; a renegociação das dívidas previdenciárias dos municípios gaúchos; e recursos para obras de prevenção a eventos climáticos.  A mobilização ainda prevê agendas com o Executivo e lideranças da Câmara dos Deputados e Senado Federal para discutir as medidas de reestabelecimento dos municípios afastados pelas enchentes. Estão previstas reuniões com os ministros da Saúde, Nísia Trindade, e de Portos e Aeroportos, Silvio Costa. Ainda são aguardadas confirmação de agendas com os ministros do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, da Educação, Camilo Santana, e o da Fazenda, Fernando Haddad. Na ocasião, a CNM também promoverá uma Mobilização Nacional Permanente, com a participação de gestores de todo o Brasil. O encontro com parlamentares tem o objetivo de buscar o avanço de medidas no Congresso Nacional. Entre os temas que serão cobrados está a desoneração permanente da folha de pagamento; o parcelamento especial das dívidas dos municípios; o novo modelo de quitação de precatórios; a extensão da Reforma da Previdência aos municípios com Regime Próprio de Previdência Social (RPPS); o aumento do FPM em 1,5%; a inclusão dos gastos com pessoal com as Organizações Sociais nos lites de gasto de pessoal, a fim de não extrapolar o que é estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal; e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para enfrentamento de desastres e mudanças climáticas.  Segundo o presidente da Famurs, é muito importante a mobilização dos prefeitos e prefeitas, bem como dos demais gestores municipais, para se ter um número expressivo de representações gaúchas e surtir efeito a pressão política no Congresso Nacional. “Precisamos de todos para ter força nossa mobilização”, justificou Arruda. As inscrições para a Marcha a Brasília continuam abertas e devem ser realizadas de forma online, através do portal da CNM. Clique aqui e confirme sua presença. Serviço O quê? Marcha a Brasília pela Reconstrução dos Municípios do RS Quando?  2 e 3 de julho de 2024 Onde? Sede da CNM (St. de Grandes Áreas Norte, Quadra 601 Módulo N - Brasília/DF) Programação 2 DE JULHO 9h30 às 12h: Marcha a Brasília Reunião de bancada com deputados e senadores do RS ⁠Recursos Extras: - Auxílio Financeiro a todos os municípios do RS - Recomposição do ICMS - Flexibilização de saldos em conta - Outros 14h: Mobilização Nacional Permanente Agendas com parlamentares para buscar o avanço de medidas no Congresso. Pautas prioritárias: -⁠ ⁠Desoneração permanente da folha de pagamento -⁠ ⁠Parcelamento especial das dívidas dos Municípios -⁠ ⁠Novo modelo de quitação de precatórios -⁠ ⁠Extensão da Reforma da Previdência aos Municípios com RPPS -⁠ ⁠Aumento do FPM -⁠ ⁠Liberação do limite de pessoal - OS -⁠ ⁠PEC da Autoridade Climática 3 DE JULHO Agendas com Executivo e lideranças da Câmara dos Deputados e Senado Federal

  • Milena Taliza Cazzonato é coroada Rainha dos festejos dos 90 anos de Getúlio Vargas

    As Princesas são Vanusa Vieira da Silva e Paloma Marcon Barufi Em um espetáculo deslumbrante no Centro Comunitário Centenário, no sábado, 29 de junho, foram eleitas as novas Soberanas de Getúlio Vargas para os festejos dos 90 anos do município e da Expo Getúlio Vargas 2024. Com a presença de autoridades, torcidas, convidados e imprensa, Milena Taliza Cazzonato foi coroada Rainha, representando a Ideau e o CTG Getúlio Vargas. Vanusa Vieira da Silva, representante da empresa Arte Metálica, foi eleita 1ª Princesa, enquanto Paloma Marcon Barufi, da CDL Getúlio Vargas, ficou com o título de 2ª Princesa. A seleção das Soberanas do Município de Getúlio Vargas começou em 11 de abril, quando o regulamento foi oficialmente lançado para as entidades do município, em um evento na ACCIAS, conduzido pelo prefeito Maurício Soligo e pela Comissão Organizadora. As inscrições iniciaram no dia 15 de abril. O evento da noite de sábado marcou a etapa final do concurso, o Desfile de Passarela, que, somado a outras duas avaliações, definiu as vencedoras. As notas foram distribuídas da seguinte forma: Entrevista Cultural, com peso de 30 pontos; Prova Escrita, também com peso de 30 pontos; e Desfile de Passarela, com peso de 40 pontos, totalizando 100 pontos. As candidatas que participaram do concurso foram: Ana Luísa Czechowski Bordin, pelo Tênis Clube Getuliense; Jussana Paola Chiarello Wavzenkievicz, pela Casa da Amizade de Getúlio Vargas e Rotary Club de Getúlio Vargas; Milena Taliza Cazzonato, pela Ideau e CTG Getúlio Vargas; Paloma Marcon Barufi, pela CDL Getúlio Vargas; Paola Krasuski Sandri, pela ACCIAS; Renata Caroline Canello, pelo Grupo Construmil; e Vanusa Vieira da Silva, pela empresa Arte Metálica. OS JURADOS A Comissão Julgadora da 4ª Avaliação foi composta por cinco notáveis personalidades  integrada por Bruna Alberti Borges: Rainha do município de Coxilha 2023-2025 e estudante do Curso Técnico em Agropecuária no Instituto Federal de Sertão; Camila Caldart Cominetti: Estrategista de Imagem e Estilo, especializada em aprimorar a imagem pessoal e profissional através da aparência, comportamento e comunicação visual; Denise Aparecida Martins Sponchiado: Mestre em Educação, com pós-graduação em Psicopedagogia, pesquisadora na área de Educação, professora do Curso de Pedagogia da URI Erechim e membro das Comissões Social e do Concurso da Rainha da Frinape de Erechim 2024;  Liliane Martins: Jornalista, especialista em Gestão de Pessoas e Marketing, Branding e Growth, ex-apresentadora do Jornal do Almoço e Coordenadora de Telejornalismo na RBS TV Erechim, além de palestrante e consultora de comunicação e marketing; Patrícia Cristina Nienov Weber: Graduada em Tecnologia em Produção do Vestuário e Mestre em Design de Vestuário e Moda, atualmente professora no Instituto Federal do Rio Grande do Sul, campus Erechim. A auditora de todas as etapas do Concurso foi a presidente da Ordem dos Advogados de Getúlio Vargas, Juliane Piazzetta Giacomazzi. Ela acompanhou e recebeu todas as notas dos jurados, guardando-as até a noite do desfile de passarela, quando as entregou para a contagem final que elegeu as soberanas do município.             AS VENCEDORAS A Rainha Milena Taliza Cazzonato, de 24 anos, é filha de Edenize Acorsi e Fernando Maximino Cazzonato. Representando a Ideau e CTG Getúlio Vargas, Milena é Mestre em Educação pela UPF e Professora de Língua Portuguesa e Inglês na rede pública e privada de ensino. A 1ª Princesa, Vanusa Vieira da Silva, de 22 anos, é filha de Nilza Fátima Vieira e Adão Volmir da Silva. Representando a empresa Arte Metálica, Vanusa cursa Administração e Ciências Contábeis na Unideau e trabalha na indústria Alibem Alimentos S/A. A 2ª Princesa, Paloma Marcon Baruffi, de 19 anos, é filha de Patrícia Angélica Marcon Baruffi e Paulo Cezar Baruffi. Representando a Câmara de Dirigentes Lojistas de Getúlio Vargas – CDL, Paloma é estudante de Agronomia na Universidade de Passo Fundo – UPF. O EVENTO O evento iniciou com os pronunciamentos do secretário de Educação, Cultura e Desporto, David Zanoni, que liderou a Comissão Organizadora do Concurso de Escolha das Soberanas de Getúlio Vargas; do vice-presidente da Associação dos Municípios do Alto Uruguai, o prefeito de Estação Geverson Zimermann; e do prefeito Maurício Soligo. Em seguida, as candidatas participaram de um desfile coletivo e, posteriormente, individual. Ao serem anunciadas, um vídeo com suas mensagens era exibido. Antes do anúncio das vencedoras, as Princesas da Corte dos 85 Anos, 1ª Princesa Caroline Guizzo e a 2ª Princesa Bruna Pereira da Silva, fizeram seu desfile de despedida. DESPEDIDA A Rainha dos 85 Anos do Município Izadora Borgmann Frizzo enviou uma mensagem em vídeo, pois estava se deslocando para a Romênia, onde fará um curso de especialização. Em agradecimento à Rainha e às princesas o Prefeito Mauricio Soligo e a 1ª Dama Karina Soligo entregaram flores, sendo que os pais da Rainha Izadora a representaram. A coroação da nova rainha Milena foi feita pelo prefeito Soligo e primeira-dama Karina Soligo. Após as homenagens às candidatas e ao corpo de jurados, foram anunciados os nomes das vencedoras que, igualmente, receberam as homenagens do prefeito Soligo e da primeira-dama Karina, e do vice-prefeito Elgido Pasa e Anelita Pasa, assim como dos secretários municipais. O baile, animado pela Banda Aqua Play, teve início com a valsa da Rainha, dançada com o prefeito Maurício Soligo; da 1ª Princesa, com o vice-prefeito Elgido Pasa; e da 2ª Princesa, com o secretário de Desenvolvimento Econômico Jairo Klein.

  • Inter sai na frente, mas permite o empate do Criciúma no Heriberto Hülse

    Jogando no estádio Heriberto Hülse, o Inter saiu na frente, mas recuou e permitiu o empate do Criciúma, na noite deste domingo. O empate por 1 a 1 mantém os colorados em um zona intermediária da tabela do Brasileirão. Na próxima quinta-feira, o time volta a campo para enfrentar o Fluminense, atual lanterna, no Maracanã. Sem muitas alternativas, Eduardo Coudet apostou em Lucca Drummond para começar a partida. E o centroavante de 20 anos, formado na base do São Paulo, deu conta do recado. Apesar da pouca presença ofensiva do time colorado, ele fez o seu papel chamando a atenção dos zagueiros do Criciúma e participando das jogadas do Inter. O gol colorado, inclusive, teve a sua participação. Aos 39 minutos, Lucca Drummond recebeu passe de Thiago Maia e cruzou rasteiro para o meio da área, onde Bruno Henrique apareceu e arrematou para as redes. Em um confronto de poucas chances, o Inter aproveitou a única que teve no primeiro tempo. O jogo seguiu concentrado no meio-campo, mas teve mais lances ofensivos, principalmente para o Criciúma, na etapa final. Aos 9 minutos, Felipe Matheus chutou forte da intermediária, a bola desviou e obrigou Fabrício a fazer uma defesa complicada. Depois, aos 19, Marcelo Hermes quase marcou de cabeça. Depois, aos 27, Fabrício salva o Inter mais uma vez, agora após chute de Éder. De tanto tentar, o Criciúma conseguiu o empate aos 33 minutos com Claudinho. Brasileirão 2024 – 13ª Rodada Criciúma 1 Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Tobias Figueiredo e Trauco (Eder); Barreto, Newton (Fellipe Mateus), Allano (Bolasie), Matheusinho (Higor Meritão) e Marcelo Hermes; Arthur Caíke (João Carlos). Técnico: Cláudio Tencati. Inter 1 Fabrício; Igor Gomes, Vitão, Fernando e Renê; Rômulo, Thiago Maia (Aránguiz), Bruno Henrique (Gustavo Prado) e Alan Patrick; Lucca Drummond (Hyoran) e Wanderson. Técnico: Eduardo Coudet. Gols : Bruno Henrique (39’/1ºT); Claudinho, aos 33/2ºT; Árbitro : Wagner do Nascimento Magalhães. Local : estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Fonte: Correio do Pova

  • Grêmio vence Fluminense na volta ao RS e alivia crise no Brasileirão

    A volta ao Rio Grande do Sul deu resultado. Neste domingo, o Grêmio jogou o suficiente e venceu o Fluminense por 1 a 0, no estádio Centenário, em Caxias do Sul, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o gol de Gustavo Nunes, o Tricolor voltou a vencer na competição nacional após sete rodadas, chegou aos 10 pontos, mas segue na zona de rebaixamento. Os comandados de Renato Portaluppi voltam a campo na quinta-feira, às 19h, para enfrentar o Palmeiras, pela 14ª rodada do Brasileirão, no Centenário. Já o Fluminense, afundado na lanterna com apenas seis pontos, encara o Inter, também na quinta-feira, às 20h, no Maracanã. Pouca inspiração e tudo igual no placar Pressionado pela sequência de sete jogos sem vencer, o Grêmio começou com maior presença ofensiva. Aos 6, Reinaldo recebe pela esquerda e chutou para a defesa de Fábio. Dois minutos mais tarde, Gustavo Nunes obrigou boa intervenção do goleiro do Fluminense no canto esquerdo. Após o ímpeto inicial, o Tricolor caiu de produção e passou a chegar em jogadas esporádicas. Aos 25, em contragolpe, Pavón recebeu de Cristaldo, avançou e chutou longe da meta de Fábio. Acuado na defesa e sem conseguir trabalhar a bola no meio-campo, o Fluminense pouco incomodou na etapa inicial. Na única finalização, aos 37, Terans fez Marchesín trabalhar em cobrança de falta. Os minutos finais foram de pressão tricolor. Aos 43, Reinaldo cruzou e Pepê desviou de cabeça para fora. Três minutos mais tarde, Pavón soltou a bomba do bico da grande área e Fábio voou no ângulo direito para fazer grande defesa. Vitória na volta ao Rio Grande do Sul Com a marcação mais adiantada, os cariocas voltaram melhores para o segundo tempo. Em menos de cinco minutos, Gabriel Pires e Cano conseguiram finalizações contra a meta de Marchesín. Na primeira chegada, o Grêmio abriu o placar. Aos 15, Cristaldo fez bom passe em profundidade para João Pedro pela direita. O lateral tocou para trás e Gustavo Nunes estudou as redes de Fábio: 1 a 0. Na frente do marcador, o Tricolor gaúcho recuou e passou a tentar especular em contra-ataques. O Fluminense, por sua vez, ocupou o campo de ataque, mas sem criar grandes chances. O técnico interino Marcão promoveu as entradas de Ganso e John Kennedy, mas não surtiu nenhum efeito. Aos 34, Reinaldo chutou para boa defesa de Fábio. Nos minutos finais, Lucumí, que havia entrado no intervalo, foi expulso e deixou a situação gremista ainda mais confortável. Nos acréscimos, Nathan Fernandes quase ampliou, mas o goleiro do Fluzão salvou. Vitória dos gaúchos após sete rodadas e festa dos mais de oito mil torcedores presentes no gelado Centenário. Brasileirão 2024 - 13ª rodada Grêmio 1 Marchesín; João Pedro, Geromel, Rodrigo Ely e Reinaldo; Dodi (Natã), Pepê (Galdino), Edenilson (Carballo) e Cristaldo (Du Queiroz); Gustavo Nunes e Pavón (Nathan Fernandes). Técnico: Renato Portaluppi. Fluminense 0 Fábio, Samuel Xavier, Marlon (Kauãn Elias), Antônio Carlos e Marcelo (Diogo Barbosa); Thiago Santos, Martinelli, Gabriel Pires (Ganso) e Terans (Lucumí); Keno e Cano (John Kennedy). Técnico: Marcão (interino) Gol: Gustavo Nunes, aos 15/2º; Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG-Fifa) Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG-Fifa) e Fernanda Nandrea Gomes Antunes (MG-Fifa) VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG-Fifa) Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS) Fonte: Correio do Povo

  • Motoristas devem ficar atentos para alterações no trânsito em razão de obras na ERS-135 nesta semana

    A presença de trabalhadores e de maquinários pode ocasionar redução de velocidade e fluxo intercalado A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) está executando intervenções e serviços essenciais para melhorar a trafegabilidade na ERS-135 nesta semana. As equipes estarão executando reparos localizados do quilômetro 67 ao 74, em Erechim, e implantando reforço na sinalização em diversos segmentos entre os quilômetro 08 ao 78, de Passo Fundo a Erechim. Por fim, haverá limpeza de margens, do quilômetro 38 ao 45, entre Sertão e Estação. A EGR ressalta que durante a realização das intervenções é possível que haja redução de velocidade, trechos em meia-pista e tráfego intercalado. Por isso, é extremamente importante que os motoristas estejam atentos às sinalizações das placas e sigam as orientações das equipes de pista. Para o diretor-presidente da EGR, Luís Fernando Vanacôr, as intervenções estão sendo realizadas com o objetivo de aperfeiçoar trechos estratégicos e atender às necessidades específicas de cada região. “As equipes da EGR estarão concentradas em 25 frentes de atuação para que possamos restabelecer muito rapidamente os trechos bloqueados e entregar à população gaúcha rodovias seguras e com maior fluidez no tráfego”, ressaltou. A programação de obras pode sofrer alterações devido às condições climáticas desfavoráveis. Portanto, é fundamental que os condutores estejam preparados e atentos para possíveis alterações. CONFIRA A RELAÇÃO COMPLETA DAS FRENTES DE TRABALHO, OS TRECHOS E MUNICÍPIOS ENVOLVIDOS: - CONSTRUÇÃO DE PONTE: ERS-130, no quilômetro 75, entre Arroio do Meio e Lajeado (sondagens). - RECONSTRUÇÃO DE RODOVIA: ERS-129 , no quilômetro 88, em Muçum (detonações e reconstrução de talude). ERS-115 , no quilômetro 38, em Gramado (talude de contenção). - CONSTRUÇÃO DE INTERSEÇÃO: RSC-453 , no quilômetro 23, em Cruzeiro do Sul. ERS-235 , no quilômetro 46, em Canela. ERS-235 , no quilômetro quatro, em Nova Petrópolis. ERS-235 , no quilômetro oito, em Nova Petrópolis.  - MANUTENÇÃO NO PAVIMENTO E REPAROS LOCALIZADOS: RSC-453 , do quilômetro 07 ao 18, entre Venâncio Aires  e Cruzeiro do Sul . ERS-135, do quilômetro 67 ao 74, em Erechim. - SINALIZAÇÃO: ERS-115 , no quilômetro 25, em Três Coroas. ERS-115 , do quilômetro 28 ao 30, entre Três Coroas e Gramado. ERS-235 , no quilômetro 05, em Nova Petrópolis. ERS-135, do quilômetro 08 ao 78, em Erechim (segmentos). - CONSERVAÇÃO, LIMPEZA DE MARGENS, DRENAGENS, ROÇADAS E TAPA-BURACOS: ERS-129 , do quilômetro 67 ao 126, entre Encantado e Guaporé . ERS-130 , do quilômetro 69 ao 97, entre Lajeado e Encantado . RSC-453 , do quilômetro 38 ao 65, entre Westfália e Boa Vista do Sul. ERS-239 , do quilômetro 13 ao 88,   entre Novo Hamburgo e Riozinho. ERS-115, do quilômetro 30 ao 38, entre Três Coroas e Gramado . ERS-466, do quilômetro zero ao 07, em  Canela. ERS-040,  do quilômetro 60 ao 94, entre  Capivari do Sul e Balneário Pinhal.  ERS-135, do quilômetro 38 ao 45, entre Sertão e Estação. Texto: Ascom EGR Foto: Raphael Nunes/Ascom EGR

  • Projeto de pavimentação da BR-153 deve ficar pronto até o final do ano, informa Dnit

    Previsão é de que obra, esperada há 50 anos, reduza distância e desafogue trânsito na RS-135 entre Passo Fundo e Erechim O projeto para a obra de pavimentação da BR-153, conhecida como Transbrasiliana, deve ser concluído até o final deste ano, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O trecho de cerca de 60 quilômetros entre Passo Fundo e Erechim é crucial para agricultores e veículos de grande porte que utilizam a via para escoar a safra da região. A pavimentação da rodovia promete reduzir em até 13 quilômetros a distância entre Passo Fundo e Erechim, além de aliviar o trânsito intenso na RS-135. Na última quarta-feira (26), o Dnit informou que o projeto está em fase de licenciamento ambiental e aguarda o Termo de Referência da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). "Ainda não há previsão do início das obras. Referente aos valores, só serão conhecidos após a finalização dos projetos", esclareceu a entidade em nota. Este avanço ocorre após o anúncio de investimentos do governo federal. Em março, a pavimentação do trecho foi incluída no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), juntamente com a duplicação da BR-285, em Passo Fundo. O programa prevê a distribuição de R$ 1,7 trilhão em diversos setores, como saúde, educação, infraestrutura e saneamento em todo o Brasil. No Rio Grande do Sul, o investimento estimado é de R$ 29,5 bilhões. A obra é aguardada pela comunidade há pelo menos 50 anos e promete trazer significativos benefícios logísticos e econômicos para a região, facilitando o transporte de mercadorias e melhorando a infraestrutura local.

  • Ganhadores da Nota Fiscal Gaúcha de junho são divulgados em Estação

    Setor de Tributos anuncia vencedores do prêmio mensal, incentivando a participação no programa que beneficia contribuintes e instituições O Setor de Tributos da Prefeitura Municipal de Estação divulgou os ganhadores da Nota Fiscal Gaúcha (NFG) do mês de junho. Os premiados são: Marcele Anversa Lima de Estação – prêmio de R$ 200,00 Adilson Luis Lima de Estação – prêmio de R$ 200,00 Salete Tonial de Estação – prêmio de R$ 200,00 A Nota Fiscal Gaúcha (NFG) é um programa do governo do Rio Grande do Sul que incentiva os consumidores a solicitar a inclusão do CPF nas notas fiscais no momento das compras. O objetivo do programa é fomentar a cidadania fiscal, promovendo a exigência de notas fiscais, o que ajuda a combater a sonegação e aumenta a arrecadação de impostos. Ao se cadastrar no programa NFG, os participantes acumulam pontos a cada compra realizada, o que permite a participação em sorteios mensais de prêmios em dinheiro. Além disso, parte dos recursos arrecadados é destinada a projetos sociais nas áreas de saúde, educação, segurança e assistência social. A Prefeitura de Estação incentiva todos os moradores a cadastrarem seus CPFs na Nota Fiscal Gaúcha e a comprarem no comércio local. "O próximo contemplado poderá ser você!", destaca a campanha, que visa aumentar a participação da comunidade no programa. Para mais informações e para se cadastrar, os interessados podem acessar o site oficial da Nota Fiscal Gaúcha  e seguir as instruções para começar a acumular pontos e participar dos sorteios.

  • Câmara Municipal de Vereadores de Estação suspende transmissões das sessões legislativas devido às eleições de 2024

    Medida busca garantir igualdade de oportunidades entre candidatos e será acompanhada pela gravação e disponibilização das sessões após o pleito A partir da próxima segunda-feira, 1º de julho, a Câmara Municipal de Vereadores de Estação suspenderá as transmissões das sessões legislativas e demais eventos realizados na Casa Legislativa, em decorrência das eleições de 2024. A decisão foi formalizada pela mesa diretora por meio da Resolução 01, de 27 de junho de 2024, que suspende as transmissões das sessões ordinárias via Facebook, além das publicações e vídeos no site oficial da Câmara. A medida visa garantir a igualdade de oportunidades entre os candidatos durante o pleito eleitoral. Mesmo sem a transmissão em tempo real, as reuniões serão gravadas e disponibilizadas ao público após o término das eleições. Durante este período, as atualizações nas redes sociais do Legislativo também estarão suspensas. Apesar da suspensão da Lei da Transparência durante esse período, a Câmara garantiu que continuará respeitando e cumprindo suas obrigações institucionais. Todos os documentos e pautas das sessões permanecerão disponíveis no site oficial da Câmara, assegurando a prestação de contas e a transparência das atividades legislativas à sociedade. Essas medidas visam assegurar a integridade das eleições e a manutenção da equidade entre os candidatos, ao mesmo tempo em que a Câmara mantém seu compromisso com a transparência e a prestação de contas à população.

  • Getúlio Vargas: processo de regularização fundiária da Gleba A do Bairro XV de Novembro é iniciado

    O processo de Regularização Fundiária Urbana de Interesse Social (REURB-S) da Gleba A do Bairro XV de Novembro teve início na manhã desta quinta-feira (27) Durante uma reunião no gabinete do prefeito de Getúlio Vargas, Mauricio Soligo, foram definidos os últimos detalhes para o início da regularização fundiária urbana de interesse social no Bairro XV de Novembro. Estiveram presentes o prefeito Soligo, os secretários de Administração e Meio Ambiente, Tatiane Giaretta e Jakson Karpinski, representantes da empresa Maxxim, encarregada da regularização, membros da comissão responsável pelo processo e representantes do Cartório de Registro de Imóveis de Getúlio Vargas, Emir Wolffenbüttel e Glademir Fagundes Wolffenbüttel. A partir da próxima semana, a equipe de campo da Maxxim começará o levantamento topográfico e as medições dos terrenos. Os moradores do bairro são solicitados a receber os técnicos, que estarão identificados com coletes e uniformes. Em seguida, a equipe de assistência social realizará o estudo socioeconômico das famílias beneficiadas pela REURB-S, que se aplica a núcleos urbanos ocupados por população de baixa renda, com renda familiar de até cinco salários mínimos vigentes. Em abril, foram entregues os primeiros 37 títulos de propriedade aos moradores do Loteamento Presidente Vargas, no Bairro Monte Claro, um marco na história do município. O prefeito Mauricio Soligo destacou a importância da ação para a comunidade, enfatizando que o processo, aguardado há muitos anos, proporcionará segurança jurídica e garantirá a legitimidade da propriedade.

  • Detalhes da Copa FGF são definidos; competição leva o nome de Mario Lobo Zagallo

    Campeonato terá duração de quatro meses, início em 14 de agosto, e contará com a participação de 11 clubes, incluindo a dupla Gre-Nal Uma reunião na tarde desta quinta-feira (27) definiu os detalhes da Copa Federação Gaúcha de Futebol (FGF). A edição de 2024 do campeonato terá o nome de Mario Lobo Zagallo, ex-treinador da Seleção Brasileira, e contará com a participação de 11 clubes. A competição está prevista para começar em 14 de agosto e se estenderá até 8 de dezembro. Os 11 times serão divididos em dois grupos: uma chave com cinco equipes e outra com seis. Eles se enfrentarão em jogos de ida e volta dentro de seus próprios grupos. Os quatro melhores de cada grupo avançarão para as quartas de final. O campeão da Copa FGF - Mario Lobo Zagallo garantirá uma vaga na Copa do Brasil de 2025. Caso o campeão já tenha a vaga garantida, a vaga será concedida ao próximo time mais bem classificado. Grupos da Copa FGF - Mario Lobo Zagallo 2024 Grupo 1: Internacional Juventude Gaúcho Passo Fundo Ypiranga Grupo 2: Grêmio Aimoré Novo Hamburgo São José Inter-SM São Paulo-RG O São Luiz, atual campeão, não participará da competição este ano.

  • Sutraf de Getúlio Vargas anuncia projeto de saúde para agricultoras familiares

    Iniciativa "Mais Saúde na Agricultura Familiar" capacitará mulheres agricultoras em temas de saúde, com encontros até o final do ano Foi anunciado em Getúlio Vargas o projeto "Mais Saúde na Agricultura Familiar", que capacitará mulheres agricultoras em temas de saúde, como alimentação saudável, atividades físicas e prevenção de doenças. A iniciativa é resultado de uma emenda parlamentar destinada à saúde recebida pela Prefeitura Municipal, e será coordenada pelo Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sutraf). Silvane Valença, representante do Sutraf, explicou que o projeto visa melhorar a qualidade de vida das agricultoras e suas famílias por meio de encontros mensais. A primeira etapa ocorreu em 20 de junho, com mais cinco etapas programadas para os próximos meses. Rosane Fontanive destacou que as Práticas Integrativas de Saúde Complementares (PICs), obrigatórias no Sistema Único de Saúde (SUS) desde o ano passado, serão parte fundamental do projeto. Essas práticas visam tratar a saúde de forma integral, abordando aspectos como saúde mental, homeopatia, doenças crônicas e o uso de plantas medicinais. Nilton Scariot reforçou o compromisso do Sutraf com a defesa do SUS e a importância da prevenção de doenças. Ele lembrou que o sindicato sempre defendeu a saúde pública e continuará a buscar emendas parlamentares para financiar projetos que beneficiem a agricultura familiar. O projeto "Mais Saúde na Agricultura Familiar" conta com a participação de diversas entidades, como a Pastoral da Criança, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER), Secretaria de Saúde e Câmara de Vereadores. O seminário de encerramento, previsto para outubro, discutirá desafios, autoestima e compromisso com a saúde. Ouça a entrevista completa:

bottom of page