ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Brasil cria 401 mil vagas de emprego com carteira assinada em fevereiro de 2021


O Brasil gerou 401.639 empregos com carteira assinada em fevereiro, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Economia.


Esse número é a diferença entre as contratações, que somaram 1.694.604 no mês passado, e as demissões, que totalizaram 1.292.965. De acordo com o Ministério da Economia, o resultado é o melhor para o mês de fevereiro desde o início da série história, iniciada em 1992.


Até então, o melhor resultado para fevereiro havia sido registrado em 2011, quando foram criadas 280.779 vagas formais de emprego.


Primeiro bimestre


Nos dois primeiros meses deste ano, de acordo com o Ministério da Economia, foram geradas 659.780 vagas com carteira assinada. Em igual período do ano passado, foram abertos 277.517 empregos formais. Esse é o melhor resultado para primeiro bimestre desde 2010.


Com o resultado de fevereiro, o Brasil tinha saldo de 40.022.748 empregos com carteira assinada no final do mês passado. Isso representa um aumento na comparação com janeiro deste ano e também com fevereiro de 2020 – quando o saldo estava, em ambos os meses, em 39,6 milhões.


Rio Grande do Sul


Em fevereiro, o RS criou 29.587 empregos com carteira assinada, registrando 117.994 contratações e 88.407 demissões. Esse foi o segundo mês consecutivo de alta nas vagas formais no Estado.


Ministro


O ministro da Economia, Paulo Guedes, comemorou o resultado do emprego formal em fevereiro e voltou a defender a vacinação em massa dos brasileiros contra o coronavírus como forma de permitir um retorno seguro ao trabalho.


“Temos de vacinar em massa, para que o brasileiro informal, os 40 milhões de brasileiros invisíveis, não fiquem entre essa escolha cruel de sair e ser abatido pelo vírus, ou ficar em casa e ser abatido pela fome”, declarou.


Fonte: O Sul

VEJA TAMBÉM