top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AMAU e DNIT discutem andamento do projeto de asfaltamento da Transbrasiliana

A Transbrasiliana foi o tema de uma audiência online entre a AMAU (Associação dos Municípios do Alto Uruguai) e o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) nesta terça-feira, 28. A pauta da reunião foi atualizar a situação do projeto técnico assinado em fevereiro de 2020 com a empresa Rudra Engenharia de Goiânia, da rodovia federal, numa extensão de 68,4 km.

O prazo para entrega era de 660 dias, com previsão de término para o final de 2021, mas foi protelado por conta da complexidade da obra e inconsistências em partes do projeto entregue, que precisaram ser refeitas. O DNIT concedeu novo prazo para a empresa, que tem até o dia 28 de abril para entregar o projeto técnico. A expectativa é que o projeto executivo seja entregue até o dia 29 de julho para posterior licitação da obra e viabilidade de garantir os valores no Orçamento da União para o próximo ano (2024).

A conclusão da Transbrasiliana é uma reivindicação de várias décadas da região, que não quer ficar refém de um pedágio na ERS 135, que apenas tapa buracos. Segundo o presidente da AMAU e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, quando o projeto técnico e executivo estiverem concluídos, os municípios da região deverão se unir em prol do que realmente querem.

Para Hiratan Pinheiro da Silva, superintendente regional do DNIT, a força política só surtirá efeito após a conclusão completa de todas as etapas do processo. Marcelo Arruda agradeceu e reconheceu o trabalho que o DNIT vem realizando no RS com a melhoria de várias rodovias federais.



Comments


VEJA TAMBÉM

bottom of page