top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alta das taxas de financiamento e preços elevados impactam mercado de veículos no Brasil

A alta das taxas de financiamento está impactando negativamente o mercado de veículos, tanto na produção quanto na venda. No entanto, os especialistas apontam que o aumento nos preços dos automóveis também é um fator determinante para a dificuldade de retomada do mercado, mesmo com uma possível queda nos juros.


Segundo o professor da Fundação Getúlio Vargas, Antônio Jorge Martins, o reajuste significativo de partes componentes, semicondutores, desvalorização cambial e inflação reinante nos últimos anos, levou a um aumento brutal dos preços dos automóveis, sem que a sociedade tenha acompanhado esse aumento do poder de compra.


Embora a produção de veículos tenha registrado alta de 8% no primeiro trimestre de 2023, em comparação com o período de janeiro a março de 2022, a base de comparação, o ano passado, foi um patamar ruim, quando foi registrado o pior resultado da indústria automobilística desde 2004, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).


A alta da taxa de juros é apontada como o principal fator que tem dificultado a retomada nas vendas e na produção pela Anfavea. Além disso, o encarecimento dos automóveis também diminui o tamanho do mercado consumidor, já que a oferta de veículos está concentrada em modelos mais caros.


Segundo especialistas, a queda nos juros não será suficiente para que o mercado de veículos volte aos patamares anteriores a 2015. É necessário que haja a redução dos preços dos componentes e a valorização do real em relação ao dólar. Caso a indústria não melhore os resultados, poderá haver uma redução no número de pessoas empregadas no setor.


Por isso, é importante que empresas, governo e sindicatos discutam medidas urgentes para reverter essa tendência, a fim de evitar uma redução automática do número de empregos no setor.

Foto: Tom Papp

Comments


VEJA TAMBÉM

bottom of page