top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Agricultores do Alto Uruguai sofrem com a falta de energia elétrica

Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar denuncia prejuízos causados por mais de 144 horas sem luz

 

O Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Alto Uruguai (SUTRAF-AU) denunciou que agricultores familiares de São Valentim e Itatiba do Sul enfrentam a falta de energia elétrica desde 22 de dezembro, devido a uma forte chuva ocorrida antes do Natal.

Até a manhã desta quinta-feira (04/01), algumas propriedades da região ainda sofriam com a ausência de luz, causando prejuízos, especialmente na produção de leite e outros alimentos que dependem de refrigeração. A coordenadora do SUTRAF de São Valentim, Rosilene Scopel, relatou que nas Linhas Secção XV de Novembro, Vista Alegre e na Seis Quadro, pelo menos 20 famílias permaneciam sem energia.

Na região administrativa de Soledade, as Linhas Cinco, Tapir, Canarinho, São Pedro e Gaboardi também foram afetadas pela falta de energia, mas algumas propriedades já tiveram o serviço restabelecido. Em Itatiba do Sul, a situação persiste em alguns locais, sendo restabelecida apenas nesta quarta-feira (03).

Coordenador do SUTRAF de Itatiba do Sul, Isaías Wastchuk, lamentou a forma como a RGE trata seus clientes, principalmente os agricultores, destacando a falta de manutenção das redes elétricas e o não atendimento adequado quando ocorre a falta de energia. O coordenador geral do SUTRAF-AU, Alcemir Bagnara, ressaltou que o sindicato vem denunciando há pelo menos cinco anos ao Ministério Público a situação de abandono da rede elétrica no campo.

A falta de energia também atingiu a cidade de Aratiba, sendo restabelecida em algumas comunidades em diferentes datas no final de dezembro. Agricultores foram orientados a fazer o protocolo para registrar a situação, visando documentar as perdas materiais e danos morais decorrentes da situação. Problemas semelhantes foram registrados em Erechim, Erval Grande e Três Arroios.


Comentarios


VEJA TAMBÉM

bottom of page