top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ONG APASC de Getúlio Vargas atua na conscientização e proteção dos animais (Escuta Aqui - 28/02/2024)

Trabalho voluntário de 10 anos busca enfrentar desafios de abandono e maus-tratos em Getúlio Vargas

 

Na tarde de quarta-feira (28), a Associação de Proteção dos Animais São Chico (APASC) esteve presente nos estúdios da Rádio Sideral, no programa Escuta Aqui. Durante a conversa, representantes da APASC, Consuelo, Aline, Rosane e Nelice, compartilharam detalhes sobre o trabalho desenvolvido pela ONG ao longo de uma década.

A APASC, registrada como ONG há 10 anos, concentra seus esforços na conscientização da comunidade sobre a importância do bem-estar animal. O grupo, composto por voluntários, enfrenta desafios relacionados ao alto índice de abandono e maus-tratos a animais em Getúlio Vargas. Ações como resgate de animais doentes, atropelados e fêmeas prenhas fazem parte do cotidiano da organização.

Segundo Aline, uma das integrantes da APASC, o foco principal é promover a guarda responsável, destacando a importância da castração e instigando a comunidade a assumir um papel ativo na proteção dos animais que vivem nas ruas. O trabalho voluntário, realizado sem remuneração, visa proporcionar uma transição adequada para animais resgatados, muitas vezes demandando custos elevados.

Consuelo complementa ressaltando a exaustiva natureza do trabalho voluntário, destacando que a maioria dos voluntários contribui financeiramente para a causa. Além disso, ela destaca a dificuldade enfrentada pela falta de um canil para abrigar animais resgatados, evidenciando a complexidade do cenário enfrentado pelos protetores de animais em Getúlio Vargas.

As representantes da APASC também abordaram a necessidade de políticas públicas voltadas para a causa, enfatizando que existem leis federais e estaduais, mas a implementação efetiva dessas políticas é essencial para lidar com o problema de abandono e maus-tratos de animais de forma abrangente.

A entrevista reforça a importância do trabalho desempenhado pela APASC e outras protetoras independentes no município, destacando a necessidade de conscientização da comunidade e a busca por apoio para enfrentar os desafios relacionados ao cuidado e proteção dos animais em Getúlio Vargas.

Confira a entrevista completa:


Comentarios


VEJA TAMBÉM

bottom of page