ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministro interino da Saúde anunciou envio de mais 100 respiradores ao RS

Total de equipamentos enviados pelo Governo Federal chega a 635

Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Em visita ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira (21), o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou o envio de mais cem respiradores ao Estado. A nova remessa se soma aos 535 aparelhos já entregues pelo Ministério da Saúde – 372 beira-leito e 163 de transporte.


Além dos respiradores, o Ministério da Saúde confirmou o envio de um extrator, utilizado para a realização automatizada de exames RT-PCR. O equipamento chegará, nos próximos dez dias, ao Laboratório Central do Estado (Lacen) e vai ampliar a capacidade de testagem em até 2,5 vezes: passará de cerca de 400 testes diários para aproximadamente mil. O extrator contribuirá para a meta do governo do Estado de ampliar de mil (já feitos atualmente, com a parceria de laboratórios de universidades) para 4 mil testes diários no RS.


Pazuello foi recebido no Palácio Piratini e, depois de breve conversa no gabinete do governador Eduardo Leite, ocorreu uma reunião técnica, cuja duração chegou a quatro horas, com a equipe do Ministério da Saúde.


Antes de apresentar o modelo de Distanciamento Controlado, Leite agradeceu, mais uma vez, o apoio do Ministério da Saúde no enfrentamento ao coronavírus no Rio Grande do Sul.


O governador traçou um panorama das ações tomadas pelo governo do Estado até o momento, e também lembrou o empenho do Ministério da Saúde na habilitação de leitos de UTI no RS. Desde o início da pandemia, o RS ampliou de 933 para 1.630 leitos (habilitados até o dia 13 de julho). O Estado pretende ampliar em até 105% a capacidade hospitalar, chegando a mais de 1,9 mil leitos.


A apresentação do ministro Pazuello incluiu um resumo da situação de enfrentamento ao coronavírus em todo o Brasil e detalhamento técnico sobre a doença e o plano de contingência. “Tentamos agir com a maior rapidez possível. Buscaremos o que precisamos onde tivermos de ir. Não podemos deixar ninguém para trás. Nossa prioridade é tratar e salvar vidas, e é assim que o ministério está se posicionando, e como eu vejo que os governos e os municípios estão se posicionando”, afirmou.


O ministro interino destacou que procurou a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a fim de buscar orientações e ideias para o combate à doença, com base na estratégia adotada pelo Estado. Pazuello reforçou a disposição do ministério da Saúde em auxiliar os gestores neste momento.


Na semana passada, o Rio Grande do Sul recebeu, por meio da Portaria 1.666/2020, R$ 135 milhões – outros R$ 533 milhões foram enviados para os municípios. No total, o Ministério da Saúde já enviou ao Estado quase R$ 900 milhões destinados ao combate ao coronavírus, além de 9.492.970 equipamentos de proteção individual (EPIs) e 458.180 testes rápidos.


A Secretaria da Saúde solicitou, também, o envio de 473 monitores cardíacos, equipamentos necessários para a ampliação do número de leitos, e ainda aguarda a habilitação de 78 leitos até o final deste mês.


Fonte: Ascom/SES RS

VEJA TAMBÉM

1212.png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Spotify

Radio Sideral Ltda. © Copyright 2020. Desenvolvido por Produuza Web