top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ipiranga do Sul realiza debate sobre violência contra mulher

Prefeitura, Cras e profissionais da área promovem evento para conscientização e combate ao problema

 

A prefeitura de Ipiranga do Sul, por meio da Secretaria de Assistência Social e do Cras do município, promoveu um debate sobre violência contra mulher na quarta-feira, 23, no Centro de Multi Convivência.

O evento contou com a presença da secretária de Assistência Social, Daniela Ceron, da psicóloga Daiane Chechi, da assistente social Cristiane Dalla Rosa, da assistente social Tatiane Uecker e da cientista social Daniele Marek.

As profissionais discutiram os diferentes tipos de violência contra mulher, com foco na psicológica, que é a mais silenciosa e pode levar à violência física e até mesmo ao feminicídio.

“As mulheres sofrem caladas e quando aparecem, normalmente, já é a violência física podendo chegar até mesmo ao feminicídio, sendo tarde demais. Temos que oferecer apoio para que consigam sair dessa situação”, disse a psicóloga Daiane Chechi.

As participantes também destacaram a importância de debater o tema na sociedade para que as mulheres não se sintam sozinhas e saibam que podem contar com ajuda.

“Precisamos avançar pois são números consideráveis de violência. Pelo menos para que elas consigam ter abertura para falar do seu problema, buscar ajuda e conseguir sair dessa situação”, afirmou Tatiane Uecker.

As painelistas também ressaltaram que a sociedade precisa ajudar para que a violência contra mulher não fique silenciada ou que passe despercebida.

“Não vamos deixar a violência destruir o nosso futuro ou nos silenciarmos. A gente tem que seguir lutando sempre”, destacou Daniele Marek.

O evento foi encerrado com um alerta para a população sobre os canais de denúncia de violência contra mulher: disque 180, disque 100, Cras dos municípios e Brigada Militar pelo 190.

Foto: Ascom Prefeitura de Ipiranga do Sul

Comentarios


VEJA TAMBÉM

bottom of page