ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Inter chega a 7 jogos sem vencer no Beira-Rio e vive maior seca de vitórias em casa no século


Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Diego Aguirre vê o Inter chegar a um recorde negativo e ingrato após apenas três jogos sob seu comando. E graças à instabilidade que paira sobre o clube desde muito antes de sua chegada. A derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, nesta quarta-fera, pela 8ª rodada do Brasileirão, foi o sétimo jogo seguido sem vitória do Colorado no Beira-Rio.


Já são 53 dias sem saber o que é vencer em casa. A seca é a maior enfrentada pelo Inter como mandante no século XXI. E supera até mesmo o maior jejum de 2016, ano do rebaixamento, quando a equipe chegou a seis jogos seguidos sem vitórias em casa.


A última vez que o Inter ficou tanto tempo sem vencer no Beira-Rio foi na disputa da Copa João Havelange, em 2000. A equipe somou cinco empates e duas derrotas em sete partidas.


Nesta quarta-feira, coube a Yuri Alberto conceder entrevista após a partida para explicar a derrota. O curioso é que o atacante de 20 anos sequer era nascido na última vez em que o Inter chegou a sete jogos sem vitórias em casa. O mesmo vale para Heitor, Pedro Henrique, Caio Vidal, Johnny e Vinicius Mello, que também estiveram em campo.


"Infelizmente, nos detalhes a gente acaba tomando gols. Vamos trabalhar bastante nessa semana. Agora contra o Corinthians vamos conseguir essa vitória fora de casa, se Deus quiser, e quebrar esse tabu de não vencer em casa", disse o garoto.


O Inter não vence uma partida no Beira-Rio desde 8 de maio, quando goleou o Juventude por 4 a 1 pela semifinal do Gauchão. Desde então, são quatro derrotas e três empates por quatro competições diferentes.


Aguirre, por sua vez, evita falar do que veio antes de sua chegada ao clube. O uruguaio, aliás, fez sua reestreia no comando da equipe no Beira-Rio.


As secas de vitórias do Inter no Beira-Rio


2021 2000

Inter 1 x 2 Grêmio (Gauchão) Inter 0 x 1 Goiás (João Havelange)

Inter 0 x 0 Always Ready (Libertadores) Inter 1 x 1 Fluminense (João Havelange)

Inter 2 x 2 Sport (Brasileirão) Inter 1 x 1 Atlético-MG (João Havelange)

Inter 1 x 3 Vitória (Copa do Brasil) Inter 0 x 0 Guarani (João Havelange)

Inter 0 x 1 Atlético-MG (Brasileirão) Inter 1 x 1 Coritiba (João Havelange)

Inter 1 x 1 Ceará (Brasileirão) Inter 1 x 1 Santos (João Havelange)

Inter 1 x 2 Palmeiras (Brasileirão) Inter 1 x 2 Grêmio (João Havelange)


O técnico diz que é preciso "aprender com os erros" para a sequência que vem pela frente na temporada. São jogos contra Corinthians (fora), São Paulo (casa), Grêmio (fora) e depois o duelo de ida das oitavas de final da Libertadores, diante do Olimpia.


"Não falarei para trás. Para mim, foi um sentimento muito bom voltar ao Beira-Rio. Claro que esperava outro resultado. fico triste porque imaginava uma vitória. É aprender com os erros. Temos uma sequência difícil e precisamos recuperar os jogadores para ganhar o próximo. Futebol é assim. Pensar no próximo e motivar para ganhar", diz Aguirre.


Com a derrota, o Inter perde uma posição na tabela e é 14º, com nove pontos. O elenco colorado se reapresenta nesta quinta-feira e inicia a preparação para enfrentar o Corinthians. As duas equipes duelam no sábado, às 21h, na Neo Química Arena, pela 9ª rodada do Brasileirão.


Fonte: ge

VEJA TAMBÉM