ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Grêmio repete pior início de Brasileiro e aumenta pressão em Tiago Nunes


Dois pontos conquistados nos cinco jogos iniciais no Campeonato Brasileiro. O Grêmio de 2021 repete o que fez os times de 2019 e 1998. O empate sem gols com o Fortaleza, em Porto Alegre, aumentou a série de partidas sem vitória e jogou o clube gaúcho alguns metros mais para baixo da montanha de apreensão com o momento atual. Tiago Nunes, por consequência, começa a sofrer maior pressão dentro e fora do clube.


O Grêmio tem cinco jogos no Brasileirão por conta do adiamento das partidas contra Flamengo e Cuiabá, pela segunda e quinta rodada, respectivamente. As partidas adiadas ainda não têm data para acontecer.


A diretoria do Grêmio, por meio de entrevista coletiva do executivo de futebol Diego Cerri, descartou a demissão de Tiago Nunes após o empate com o Fortaleza. Mas um novo jogo sem vitória fez crescer a irritação nas redes sociais e nos corredores da Arena do Grêmio.


O trabalho de Tiago Nunes tem gerado críticas pelos números, claro. São cinco partidas sem vitória. No Brasileirão, o Grêmio é o segundo pior em finalizações, segundo o Footstats. O mesmo site especializado em estatísticas aponta que o time gremista é o que mais permite conclusões dos adversários. Mas além das três derrotas e dois empates, o desempenho não agrada e algumas escolhas também não.


Contra o Fortaleza, por exemplo, o Grêmio terminou a partida sem realizar a quinta substituição. Mesmo com placar sem gols com o Fortaleza, em casa. A expulsão de Kannemann foi compensada com a saída de Matheus Henrique para a entrada de Paulo Miranda, em alteração que não agradou parte da diretoria.


"Infelizmente, os resultados não estão vindo, mas estamos confiantes e seguros que vamos sair desse momento. Pelo trabalho que a gente vê no dia a dia", disse Tiago Nunes.


A ideia no Grêmio, pelo menos por agora, é observar a reação do time nos próximos dias. Nos próximos jogos. Vencer é considerado vital.


O Grêmio volta a campo contra o Juventude, quarta-feira (30), em Caxias do Sul. O duelo válido pela oitava rodada do Brasileirão começa às 21h30 (horário de Brasília).


Fonte: UOL

VEJA TAMBÉM