top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Grêmio enfrenta revés na Libertadores e se isola na lanterna do Grupo C

Derrota em casa coloca Tricolor em situação complicada na competição continental

 

Após conquistar o heptacampeonato gaúcho, o Grêmio voltou suas atenções para a Copa Libertadores, onde a equipe enfrenta um momento desafiador. A derrota de 2 a 0 na Arena do Grêmio na terça-feira (9) contra o Huachipato deixou o time na última posição do Grupo C, ainda sem pontuar na tabela.

O técnico Renato Portaluppi, que alcançou a marca de 500 jogos à frente do clube, viu sua equipe perder chances claras de gol e ser surpreendida pela eficiência do adversário. A decisão de poupar alguns titulares, em virtude do desgaste da final contra o Juventude, foi um dos fatores que contribuíram para o resultado negativo, segundo o próprio treinador.

O Grêmio agora se encontra três pontos atrás do The Strongest e a quatro pontos dos líderes do grupo, Huachipato e Estudiantes, sendo este último o próximo adversário do time gaúcho na competição.

Renato defendeu sua estratégia de escalação, priorizando jogadores em melhores condições físicas, mesmo que tecnicamente inferiores aos desgastados pela final estadual. Ele reiterou que a decisão seria a mesma, mesmo diante do resultado adverso.

O volante Du Queiroz, vaiado durante a partida, reconheceu as falhas da equipe, mas se mostrou resiliente e prometeu esforços para reconquistar a confiança dos torcedores.

Além das implicações na Libertadores, a derrota trouxe preocupações para a estreia no Campeonato Brasileiro, com a lesão do jogador Mayk, que pode resultar em alterações na defesa para o jogo contra o Vasco no domingo. Cuiabano surge como uma possível substituição na equipe.

O Grêmio busca se recuperar na competição continental e retomar o caminho das vitórias para avançar na tabela e manter vivas as esperanças de uma boa campanha na Libertadores 2024.

Comments


VEJA TAMBÉM

bottom of page