ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Governo do RS prevê compra de 10 milhões de seringas para aplicar vacina contra Covid-19

Apesar de não existir calendário fixado para aplicação das doses, Secretaria da Saúde do estado elabora plano de ação

O Governo do Rio Grande do Sul, por meio da Secretaria Estadual da Saúde, elabora ações para estar apto a vacinar a população contra o coronavírus, mesmo que ainda não haja um calendário fixado para aplicação das doses.


Uma das ações é a aquisição de 10 milhões de seringas. A SES estima que o material possivelmente será utilizado, por isso, foi publicada a ata de processo de abertura. Dentro das ações planejadas, está também o fluxo desde o laboratório produtor até a sala de vacinas.


Uma equipe da Divisão de Epidemiologia do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) está organizando e adequando a estrutura da rede de frio para armazenagem e distribuição das doses. As vacinas serão entregues às 18 Regionais de Saúde e em 308 câmaras de conservação de municípios com até 100 mil habitantes.


O controle da temperatura interna das câmaras frigoríficas ganhou a instalação de um sistema de hardware e software, que envia mensagem via celular e por e-mail, em caso de variação da temperatura interna de acordo com limites programados.


Plano nacional


O Ministério da Saúde divulgou no início da semana passada os primeiros pontos da estratégia preliminar para a vacinação da população contra a Covid-19. De acordo com a pasta, o plano será dividido em quatro etapas:

  • Primeira fase: trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena.

  • Segunda fase: pessoas de 60 a 74 anos.

  • Terceira fase: pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da Covid-19 (como pacientes com doenças renais crônicas e cardiovasculares).

  • Quarta fase: professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Secretários de Saúde pedem compra de todas as vacinas


Com apoio da secretária de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, os secretários de saúde estaduais e municipais de Saúde publicaram uma nota no sábado (5) no site do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) pedindo que o governo federal adquira todas as vacinas contra a Covid-19 com eficácia e segurança comprovadas, assim como imunize toda a população brasileira o mais breve possível por meio de um Plano Nacional de Imunizações unificado.


Fonte: G1 RS

VEJA TAMBÉM