top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo de SC manda retirar nove livros das escolas estaduais

O governo de Santa Catarina, comandado por Jorginho Mello (PL), determinou a retirada de nove livros das bibliotecas das escolas estaduais. Segundo um ofício da Secretaria de Educação, as obras devem ser armazenadas em local não acessível à comunidade escolar.

O ofício foi assinado pelo supervisor regional de educação, Waldemar Ronssem Júnior, e pela integradora regional de educação, Anelise dos Santos de Medeiros. O documento não explica os motivos da decisão, nem quais são os critérios para a seleção dos livros.

Os livros retirados são os seguintes:

  • A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga

  • A Hora da Estrela, de Clarice Lispector

  • A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak

  • A Revolução dos Bichos, de George Orwell

  • As Aventuras de Pi, de Yann Martel

  • Capitães da Areia, de Jorge Amado

  • O Diário de Anne Frank, de Anne Frank

  • O Menino do Pijama Listrado, de John Boyne

  • Vidas Secas, de Graciliano Ramos

O ofício da Secretaria de Educação gerou críticas de professores, estudantes, escritores e entidades ligadas à educação e à cultura. Eles consideram a medida uma forma de censura e de violação da liberdade de expressão e do direito à leitura. Eles também defendem a importância dos livros retirados para a formação crítica e humanística dos alunos.


Comments


VEJA TAMBÉM

bottom of page