ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Erebango: iniciativas na saúde promovem a qualidade de vida e bem-estar dos munícipes


Inúmeros desafios e, ao mesmo tempo, um ano marcado pela retomada de vários projetos e trabalhos que envolvem o atendimento à população. Assim é possível definir 2021, especialmente no campo da saúde em Erebango.


Para a secretária, Claura Araldi, concluir este ano com o andamento de diferentes ações, é motivo de satisfação, alegria e agradecimento a toda equipe. “Uma das principais medidas foi a ampliação do horário de atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) que passou para 12 horas diárias. Isso significa que a equipe está à disposição dos munícipes por mais tempo, sem a necessidade de se deslocar ao hospital de referência que é Getúlio Vargas, exceto em caso de urgência e emergência”, destaca a secretária, que pede a colaboração de todos para que essa iniciativa conquiste mais resultados positivos.


Claura aproveita para agradecer toda equipe de servidores que não mediram esforços no compromisso com a saúde e qualidade de vida da população. “Nosso muito obrigado a todos. Que possamos continuar com esse esforço permanente de cuidado e prevenção”, enaltece.


Retomada e investimentos


A técnica em Enfermagem e coordenadora da Unidade Básica de Saúde (UBS), Cristiane Dallanora de Vargas, avalia que são ofertados atendimentos na Atenção Primária, com foco na prevenção, junto aos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) e agentes comunitárias de saúde.


Ela relata que, entre as outras conquistas registradas ao longo dos meses, está a retomada dos grupos, a exemplo do Saúde na Comunidade, em que é levada parte da equipe da UBS e realizados atendimentos médicos e de Enfermagem nas comunidades, tais como verificação de pressão arterial, hemoglicoteste (HGT), vacinas, renovação de receitas, pedidos de exames, atendimento psicológico em grupo e individual. A ideia é que as visitas aconteçam a cada 15 dias e o retorno a cada comunidade seja no período de seis meses.


Grupo de gestantes


Oportunidade em que as futuras mamães recebem orientações específicas dos profissionais desta área, e, a cada encontro, é entregue um item para compor a bolsa do bebê, sendo que no terceiro encontro, as participantes são contempladas com a bolsa maternidade. Os encontros são mensais, sempre na última segunda-feira de cada mês.


Grupos da Terceira Idade


Os encontros acontecem sempre nas terças e quintas-feiras. A equipe da UBS também presta auxílio aos integrantes, com verificação de pressão arterial e conversa com a psicóloga.


Projeto de caminhada


É desenvolvido toda quarta-feira, onde a fisioterapeuta Juselene Calgaro presta auxílio aos integrantes junto às psicólogas Maira Zílio Enricon e Aline Marcon da Silva. Antes da caminhada também é verificada a pressão arterial.


Programa Saúde na Escola


Cristiane salienta que também foi feita a adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE). “Levamos a saúde ao ambiente escolar. A enfermeira responsável técnica pela UBS, Elisiane Bento Schmidt, realizou várias palestras nas escolas sobre métodos contraceptivos e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s)”, pontua.


Comunidades indígenas


Com o foco nos serviços permanentes a todas as comunidades, foi concedido suporte aos indígenas das comunidades Kaingang e Guarani e auxílio à campanha de vacinação contra a covid-19. Do mesmo modo, quando ocorreu o surto, uma equipe se deslocou para contribuir na realização de exames RT-PCR juntamente com o enfermeiro responsável pelas duas áreas.


Campanhas


No Setembro Amarelo o olhar esteve voltado à valorização da vida e foi organizada a caminhada que contou com a participação expressiva de profissionais e estudantes.

No Outubro Rosa foi trabalhado o incentivo à prevenção do câncer de mama e colo uterino e disponibilizada às pacientes a coleta do preventivo, durante as 12 horas de atendimento na UBS, além de avaliação da mama e pedidos de mamografia.


Nesse sentido, vale mencionar que o município contratou uma ginecologista, que atua três vezes por semana e concede todo suporte ao público feminino, acompanhando inclusive as gestantes, desde o pré-natal até o parto, sendo que ela trabalha também no Hospital São Roque de Getúlio Vargas.


No que se refere aos equipamentos, foi feita a aquisição de um aparelho colposcópio, que contribui diretamente no diagnóstico de problemas na saúde feminina.


No Novembro Azul, o médico, Jorge Herrmann, orientou o público masculino. “Tivemos um retorno positivo, pois várias pessoas procuram a unidade e realizaram exames laboratoriais, de toque, e foram detectadas cinco alterações significativas. Alguns pacientes já iniciaram tratamento medicamentoso e outros foram encaminhados para especialistas”, afirma a coordenadora.


Mais reformas na UBS

  • Salas novas para atendimento de Odontologia, que conta com três profissionais. Em um dos espaços foi instalado o aparelho de raio X.

  • Sala da enfermeira responsável, que está localizada no ambiente comum dos médicos e outros profissionais, além da população, que possibilita mais visualização de tudo que acontece na unidade;

  • A sala de observação foi reorganizada, a qual conta com um banheiro, cama e poltrona.

  • Sala de Ginecologia;

  • Instalação de ar condicionado em praticamente todas as peças;

  • Consultório para atendimentos de Fonoaudiologia e Fisioterapia (sendo esta uma iniciativa deste ano. A profissional é responsável por atender na UBS e também nas residências os pacientes acamados).

Outras ações colocadas em prática:

  • Investimento na renovação da frota de veículos, inclusive com a aquisição de equipamentos para estruturar a UTI móvel;

  • Ampliação da carga horária do setor de Psicologia, passando de 20 para 40 horas;

  • Devido ao aumento de internações psiquiátricas por uso de álcool e outras drogas, foi organizada uma Equipe de Saúde Mental. Por meio do projeto são promovidas reuniões quinzenais para auxiliar os pacientes com o propósito de diminuir as internações. “Junto a equipe médica foi organizado um protocolo de desintoxicação. As pessoas que precisarem de auxílio, podem procurar o setor junto a UBS do município que será amparado de todas as formas”, reitera Cristiane;

  • Retomadas as visitas domiciliares com as agentes de saúde e realizado o recadastramento de toda população;

Profissionais participaram de capacitações de Atendimento Pré-hospitalar e o Suporte Básico de Vida. As aulas aconteceram nos fins de semana para não interferir nos atendimentos aos munícipes. Hoje a equipe está preparada para qualquer tipo de atendimento de urgência e emergência no município.

VEJA TAMBÉM