ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

DJ Ivis é preso em Fortaleza por agressões à ex-mulher, Pamella Holanda


DJ Ivis foi preso nesta quarta-feira (14), em Fortaleza, após denúncia de violência doméstica registrada pela ex-mulher do artista, Pamella Holanda. No domingo (11), a arquiteta e influenciadora divulgou vídeos das agressões que sofreu nas redes sociais. A informação da prisão foi confirmada pelo governador do Ceará, Camilo Santana, em uma postagem em sua conta oficial no Twitter.


"Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido", escreveu o governador.


Entenda o caso


As imagens que mostram Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, agredindo a ex-esposa, Pamella Holanda, na frente da filha de nove meses e de outras duas pessoas circularam pelas redes sociais nos últimos dias. As gravações foram compartilhadas por Pamella em seu perfil do Instagram e, desde então, o caso vem gerando revolta e dúvidas nas redes sociais.


Gravados por câmeras de segurança internas da residência onde o casal morava, os vídeos revelam o DJ dando puxões de cabelo, chutes e socos em Pamella. Ele chega a subir no sofá para atingi-la, na presença de um outro homem. Outro trecho mostra agressões sendo feitas na frente da bebê e da mãe da arquiteta, que ajudava a cuidar da pequena.


A violência contra Pamella ocorreu em, pelo menos, dois períodos diferentes. A mais recente foi no dia 1º de julho. Por conta desta, a arquiteta registrou ocorrência de lesão corporal no âmbito da violência doméstica no dia 3 de julho em Eusébio, município da região metropolitana de Fortaleza.


Um inquérito policial para apurar as agressões foi instaurado, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSPDS). No entanto, não foi possível prender Ivis em flagrante porque as agressões ocorreram no dia 1º de julho, enquanto as denúncias foram feitas no dia 3. A detenção por flagrante delito ocorre em até 24 horas de um crime efetivado. A prisão preventiva do músico foi decretada pela Justiça apenas nesta terça-feira (13).


Fonte: GaúchaZH

VEJA TAMBÉM