ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Darlan supera Covid e reaparece um mês depois com chance no meio-campo do Grêmio


O meio-campo do Grêmio deve ter o volante Darlan nesta quarta-feira (30), a partir das 21h30, contra o Juventude. Depois de mais de um mês sem atuar, o jovem ganha oportunidade de Tiago Nunes e reaparece no time titular Tricolor.


O longo período fora de combate tem relação com a Covid-19. Darlan não joga desde o dia 20 de maio, quando o Grêmio goleou o Aragua por 6 a 2 na Venezuela pela Copa Sul-Americana. O volante foi titular naquela ocasião, mas desde então não havia ganhado mais nenhum minuto sequer com o treinador.


Ao mesmo tempo, testou positivo para Covid-19 e precisou ficar 10 dias afastado. O resultado foi informado pelo clube gaúcho no dia 2 de junho. Só que na volta aos treinamentos, na metade do mês, Darlan relatou cansaço maior após as atividades. Algo semelhante ao que acontece com o goleiro Brenno no momento.


O protocolo de retorno do clube é individualizado e prevê trabalhos físicos específicos antes da volta completa. Darlan foi relacionado nas últimas três partidas, mas ficou no banco contra Sport, Santos e Fortaleza.


"O Darlan está integrado aos nossos planos. Tem qualidade técnica para ser organizador de jogo, vai ter oportunidades futuramente", disse Tiago Nunes após o empate com o Santos, na semana passada.


A chance virá após lesão de Thiago Santos. Aliás, o problema na coxa direita afastará o volante de quatro a seis semanas. Assim, Darlan deve ganhar uma sequência como titular, até porque Matheus Henrique também se tornará desfalque ao se apresentar para a seleção olímpica.


A presença do meio-campista era pedida nas redes sociais por torcedores gremistas. Darlan chegou a ser titular por duas partidas consecutivas antes do duelo com o Aragua, mas perdeu a vaga depois que Tiago Nunes girou opções para observar o elenco.


Com apenas dois pontos ganhos, o Grêmio é lanterna do Brasileirão e tenta a sua primeira vitória na competição no duelo local contra o Juventude, às 21h30 desta quarta-feira, no Alfredo Jaconi.


Para deixar a última posição e a zona de rebaixamento, o Tricolor precisa torcer contra Cuiabá, São Paulo, América-MG e Chapecoense, além, claro, de vencer sua partida.


Fonte: ge

VEJA TAMBÉM