ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

Campanha nacional de vacinação contra gripe e sarampo termina em 24 de junho

O Ministério da Saúde encerrará a campanha nacional de vacinação contra gripe e sarampo na próxima sexta-feira, 24 de junho. A ação estava prevista para terminar no início do mês, no dia 3, mas foi prorrogada.


A campanha, que começou no dia 4 de abril já imunizou 44% das pessoas contra a gripe.


Segundo a pasta, 77 milhões de brasileiros fazem parte do grupo prioritário para receber o imunizante contra influenza. A nota diz que o governo já distribuiu quase 80 milhões de doses para todo país.


Esse foi o assunto do quadro Correspondente Médico nesta semana. De acordo com Fernando Gomes, médico neurocirurgião, é necessário aumentar a taxa de vacinação.

É preciso prestar atenção [nos baixos números] porque no caso de sarampo, a taxa de transmissão é bastante alta e as complicações podem ser gravíssimas - disse.

O governo esperava vacinar cerca de 12,9 milhões de crianças contra o sarampo. No entanto, pouco mais de 4 milhões receberam o imunizante – uma cobertura vacinal de 39,55%, segundo os dados do LocalizaSUS.


O Ministério da Saúde informou que a partir do dia 25 de junho, estados e municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses, enquanto durarem os estoques da vacina Influenza. Já a imunização contra o sarampo faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e os imunizantes estão disponíveis durante todo o ano.


No comunicado, a pasta reforça a importância da vacinação para evitar os casos graves da doença, principalmente durante os meses mais frios do ano.


Grupo prioritário para vacina da gripe

  • Idosos acima de 60 anos;

  • Trabalhadores da saúde;

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias);

  • Gestantes e puérperas;

  • Povos indígenas;

  • Professores;

  • Pessoas com comorbidades;

  • Pessoas com deficiência permanente;

  • Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas;

  • Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;

  • Trabalhadores portuários;

  • Funcionários do sistema prisional;

  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

  • População privada de liberdade.

Público-alvo da campanha contra o sarampo

  • Trabalhadores da saúde;

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias).

Fonte: CNN Brasil

VEJA TAMBÉM