top of page

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alessandro Barcellos inicia novo mandato no Inter com foco em renovações e contratações

O presidente reeleito do Inter, Alessandro Barcellos, tem como prioridades a renovação de contratos e a busca por novos talentos para fortalecer o time.

 

Alessandro Barcellos, reeleito presidente do Internacional, começa seu novo mandato com quatro tarefas principais relacionadas ao departamento de futebol. Barcellos foi eleito com 15.994 votos (53,68% do total), a maior votação da história de um clube brasileiro, enquanto seu oponente, Roberto Melo, recebeu 13.531 votos (45,41%).

Nos primeiros dias, o foco será em renovações e contratações. A renovação do contrato do técnico Eduardo Coudet é uma das metas. Apesar de Coudet ter expressado seu apoio a Barcellos após a última partida do Brasileirão, ele pediu alguns dias para discutir seu futuro. No entanto, acredita-se que sua declaração indica que ele permanecerá no clube.

O gerente esportivo Magrão também deve ter sua permanência confirmada. Assim como Coudet, Magrão pediu um tempo para conversar com sua família. Sua falta de experiência no cargo foi criticada pela oposição.

A terceira renovação a ser acordada é a de Gustavo Rossi, responsável pelas categorias de base. Apesar do interesse do Inter em mantê-lo, este pode ser o acordo mais difícil de ser feito, já que seu nome foi sondado pelo Flamengo.

A quarta tarefa para os próximos dias será anunciar contratações. Um dos nomes mencionados durante a campanha foi Gustavo Scarpa, ex-jogador do Palmeiras e atualmente no futebol grego.

Durante a campanha eleitoral, Barcellos enfatizou que o clube terá maior poder de investimento em seu segundo mandato. Ele espera gastar até R$ 50 milhões em contratações em 2024.

Há também um projeto a médio prazo. Durante a campanha eleitoral, Barcellos ganhou o apoio do empresário Elusmar Maggi e prometeu criar um fundo de investimentos. Agora, ele quer trazer Delcir Sonda, apoiador de seu oponente, para o clube.

As duas partes já conversaram. Segundo o repórter Geison Lisboa, já ocorreram seis encontros para aproximação.


VEJA TAMBÉM

bottom of page