ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1/1

31% da população adulta gaúcha já recebeu a terceira dose da vacina contra a Covid-19


Moradores do Rio Grande do Sul precisam completar o esquema vacinal contra a Covid-19. Dados do vacinômetro estadual mostram que 31% da população maior de 18 anos já recebeu a dose de reforço contra a covid-19 no estado do Rio Grande do Sul. A imunização é feita após quatro meses da aplicação da segunda dose.


Frente ao avanço da variante Omicron do coronavírus, a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, explica que a vacinação é importante no atual contexto da pandemia. “A variante veio também para nos ensinar, que quando nós estávamos achando - nós observamos isso no Brasil inteiro, já estava um pouco arrefecidos, né? Alguns deixando as máscaras, se aglomerando, relaxando, ela veio mostrar que nós ainda precisamos. A pandemia não acabou, de fato a pandemia não acabou, ela não está como estava, não vamos envolver estresse pós-traumático, mas precisamos estar alertas e ser prudentes”


O Ministério da saúde tem enviado lotes de imunizantes para todos os estados. Há doses suficientes para todos. Atualmente, pessoas acima de 18 anos podem tomar doses dos imunizantes da Pfizer, CoronaVac, AstraZeneca e Jansen (que é dose única). A segunda dose tem intervalos diferentes entre os fabricantes. É importante verificar o seu cartão de vacina e não atrasar a dose.


Quem tomou a segunda dose há mais de quatro meses, deve procurar os postos para a aplicação da dose de reforço. A estratégia ajuda a manter os anticorpos em níveis suficientes para combater a Covid-19.




VEJA TAMBÉM