ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo do RS vai custear 136 novos leitos de UTI do SUS


Secretaria também pedirá às prefeituras que paguem os custos de funcionamento dos leitos já prontos em hospitais municipais. Diárias de R$ 1,6 mil deveriam ser pagas pelo Ministério da Saúde

O governo do Rio Grande do Sul anunciou que vai custear o funcionamento de 136 novos leitos de UTI do SUS, em 18 hospitais do interior, que foram criados dentro da estratégia de ampliar o atendimento de pacientes da Covid-19.


Como o pagamento dos custos para iniciar a operação dos leitos ainda não foi feito pelo Ministério da Saúde, governador se comprometeu com as diárias de R$ 1,6 mil de cada um, conforme explicou Eduardo Leite, nesta segunda-feira (4).


Como houve troca no Ministério da Saúde, a habilitação [pagamento] ainda não aconteceu e, para que possamos colocá-los imediatamente em operação, estamos encaminhando uma portaria da Secretaria Estadual da Saúde que vai viabilizar o pagamento das diárias até que se tenha o recurso federal. É uma decisão muito importante para priorizar o atendimento à população”, afirmou.


O governo ainda recomendou que as prefeituras que já dispõem de outros 150 leitos prontos em 19 hospitais, também sem habilitação, assumam os custos de diárias. O governo estima gastar R$ 6,7 milhões por mês. Já para as prefeituras, o valor seria de R$ 7,4 milhões no total.


Segundo a secretária da Saúde, Arita Bergmann, a pasta já está tratando do assunto com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems).


É uma decisão de suma importância, porque esses leitos estaduais e municiais estão prontos, com equipe e equipamentos, e, pela demora da habilitação do Ministério da Saúde, tomamos esta decisão para que possam entrar em operação de imediato”, afirmou.


Com os 286 leitos em funcionamento, o RS terá ampliada em 30% a capacidade de atendimento intensivo no RS. Até o momento, são 1.001 leitos de UTI adulto que atendem pelo SUS.


Até a tarde de segunda-feira (4), o Rio Grande do Sul tinha 66% de leitos adultos, públicos e privados, ocupados. Destes, 8,9% são pacientes confirmados com Covid-19 e 7,1%, com suspeita da doença. O RS tem mais de 1,7 mil casos e 74 mortes, de acordo com o último boletim.


Confira abaixo os hospitais que terão os leitos pagos pelo estado


  • Hospital Nossa Senhora dos Navegantes (Torres): 5;

  • Hospital de Tramandaí: 6;

  • Hospital de Viamão: 10;

  • Hospital Santa Luzia (Capão da Canoas): 1;

  • Hospital São Luiz (Dom Pedrito): 10;

  • Santa Casa de Rio Grande: 10;

  • Santa Casa de Bagé: 14;

  • Hospital São Vicente de Paulo (Cruz Alta): 10;

  • Hospital Santo Ângelo: 9;

  • Santa Casa de Alegrete: 7;

  • Santa Casa de São Gabriel: 5;

  • Hospital São Roque (Faxinal do Soturno): 10;

  • Hospital Regional de Santa Maria: 10;

  • Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo): 10;

  • Hospital Santo Antônio (Tenente Portela): 5;

  • Hospital Santa Terezinha (Erechim): 5;

  • Hospital Caridade Frei Clemente (Soledade): 4;

  • Hospital Sapiranga: 5.

VEJA TAMBÉM

1212.png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Spotify

Radio Sideral Ltda. © Copyright 2020. Desenvolvido por Produuza Web