ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Dia Internacional do Meio Ambiente: Getúlio Vargas promove algumas campanhas no município

Uma delas é a campanha 'Cidade limpa, cidade linda'

Desde 1974, o Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado todos os anos em 5 de junho, incentivando governos, empresas, celebridades e indivíduos a concentrarem seus esforços em uma questão ambiental premente. O Governo de Getúlio Vargas vem contribuindo com esses esforços através de inúmeras ações de preservação do meio ambiente no município. Acompanhe algumas delas:


Campanha Cidade Linda, Cidade Limpa


A Prefeitura de Getúlio Vargas vem desenvolvendo, desde maio de 2017, a Campanha “Cidade Linda, Cidade Limpa”, que tem como slogan ‘Não jogue lixo na rua. A cidade também é sua!’. A Campanha tem como proposta conscientizar o maior número de pessoas para que acondicionem melhor o lixo produzido, que colaborem com a coleta de lixo, fazendo a prévia separação dos materiais e colocando o lixo na rua nos horários corretos. E, o mais importante, não colocarem lixo na rua.


Para sua implementação foram distribuídos folders, produzidos cartazes, produzidos três vídeos educativos e realizadas palestras de conscientização em escolas, conferências municipais e eventos públicos. O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA) e pessoas voluntárias contribuem para as ações que visam à proteção, preservação do meio ambiente local e à correta destinação de resíduos (sólidos e orgânicos), além do lixo especial (lixo eletrônico e linha branca).


Campanhas de recolhimento de lixo eletrônico, recolhimento de embalagens de agrotóxicos, pilhas, baterias, óleo de cozinha, pneus, linha branca, além das campanhas constantes de sensibilização para a separação do lixo seco e orgânico, são alguns exemplos das atividades promovidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente em conjunto com entidades e colaboradores da sociedade civil organizada.


Instaladas lixeiras na cidade


A Prefeitura de Getúlio Vargas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, com apoio da Secretaria Municipal de Obras, instalou 100 pares de lixeiras para coleta seletiva de lixo na cidade. Elas foram colocadas em áreas públicas, paradas de ônibus, órgãos públicos – Fórum, Biblioteca, Unidades Básicas de Saúde e outros -, na Praça General Flores da Cunha, no Calçadão e em ruas mais movimentadas do centro da cidade.


Educação Ambiental nas escolas preparando as futuras gerações


Pensando em sensibilizar desde cedo as gerações futuras, são promovidas periodicamente visitas às escolas do município para proferir palestras sobre os cuidados com o Meio Ambiente. Temas como lixo - separação e destinação -, dengue, lixo eletrônico, entre outros aspectos relacionados são temas abordados. É preciso trabalhar esses aspectos em todos os componentes curriculares na escola, tendo em vista que esse tema é transversal e interdisciplinar. Seis escolas públicas e filantrópicas receberam curso/palestra sobre Educação Ambiental.


Coleta do lixo eletrônico para o descarte correto dos materiais


A Secretaria Municipal do Meio Ambiente realiza periodicamente a Coleta de Lixo Eletrônico, com o objetivo de oportunizar à comunidade o descarte correto dos materiais eletrônicos, assim como equipamentos da linha branca que estão sem utilidade. O material recolhido é encaminhado para uma empresa especializada na reciclagem de eletroeletrônicos. O recolhimento do lixo eletrônico ocorre desde 2017, ano em que ocorreu apenas uma campanha. Em 2018 foram duas etapas, uma a cada semestre do ano. Em 2019, a Campanha se desenvolveu em quatro etapas. Mais de 190 metros cúbicos de lixo eletrônicos, em 2019, foram recolhidos e destinados para descarte correto.


Recolhimento de pneus


A Administração promove também mutirões de recolhimento de pneus pelos bairros da cidade, que são levados até o Ecoponto do município e após entregues para empresa recicladora. Neste local também são depositados pneus entregues por empresas que em suas atividades têm esse material para descarte. A retirada deste material é realizada por meio de um convênio firmado entre empresa recicladora e os municípios de Getúlio Vargas, Estação, Erebango, Ipiranga do Sul, Floriano Peixoto, Charrua e Sertão, visando evitar que esse material seja descartado inadequadamente, resultando em sério risco ao meio ambiente e à saúde pública. O objetivo do recolhimento é também o combate à proliferação do mosquito da dengue.


Campanha de recebimento de embalagens de agrotóxicos


O objetivo da campanha dá-se pela necessidade de diminuir o volume destes resíduos, assim como controlar o risco de contaminação da saúde das pessoas e do meio ambiente. As empresas fabricantes e revendedores de agrotóxicos são responsáveis pela destinação das embalagens vazias, visando a sua reutilização.


Recolhimento de óleo de cozinha


Ampliar a coleta de óleo de cozinha usado é uma das metas, uma vez que este resíduo quando despejado na rede de esgoto causa sérios danos ambientais. Por isso, é disponibilizado, na Prefeitura, um recipiente para a coleta adequada. Após, é recolhido por uma empresa recicladora. O material é transformado em sabão e biodiesel.


Adesão ao projeto “Tampinha Legal”


O Governo Municipal aderiu, em 2019, ao projeto Tampinha Legal e está convidando todas as organizações sociais do município para se cadastrar e serem parceiras nesta ação socioambiental que também rende recursos financeiros para as entidades desenvolverem seus projetos assistenciais.


E a comunidade está convidada para contribuir e depositar as tampinhas nos pontos de coleta instalados pela cidade e na Prefeitura. Podem ser depositadas tampas plásticas de embalagens em geral. São parceiros Lar da Menina, CTG Getúlio Vargas e Escola Municipal Pedro Herrerias.


Resíduos da construção civil


A Administração Municipal realiza o recolhimento dos resíduos da construção civil. Inicialmente, o material recolhido é destinado para uma estação de transbordo licenciada e, posteriormente, tal conteúdo é encaminhado para uma empresa devidamente licenciada para receber esses materiais.


Plantadas mais de 4 mil mudas de hortênsias entre os trevos norte e sul


Com o objetivo de embelezar a entrada da cidade, foram plantadas mais de 4 mil mudas de hortênsias na RS 135, entre os trevos Sul e Norte. A ação iniciou em 2018, quando foram plantadas 800 mudas, desde a Prefeitura até o CTG Getúlio Vargas, e está sendo realizada com apoio de diversas pessoas, entidades e empresas de Getúlio Vargas, que também já participaram de vários mutirões de limpeza desta rodovia, com recolhimento de grande quantidade de lixo.


Entre os participantes estão representantes da ACCIAS, Prodege, CDL, Lions Clube, Rotary Club, Comunidade Evangélica Luterana, Sindicato Rural, Sicredi, AABB Comunidade, APAE, Sutraf, Lar da Menina, ECC, Loja Maçônica Cruz de Malta, Braspol, Cacil, Mepel, POE (Pelotão de Operações Especiais), Polícia Rodoviária Estadual, além da Prefeitura de Getúlio Vargas através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e demais pessoas da comunidade que se engajaram no trabalho.


Recolhimento de pilhas e baterias


Pensando no correto destino de materiais como as pilhas e baterias, a Prefeitura adotou como estratégia o recolhimento do material. Importante destacar que existem pontos de coleta em toda a cidade, principalmente nas escolas municipais, o que reforça a promoção da educação ambiental nos espaços escolares.


Limpeza das margens da ERS-135


Um grande mutirão em prol do meio ambiente reuniu diversas entidades em agosto de 2019 em Getúlio Vargas, nas margens das ERS 135, entre os trevos Norte e Sul, numa extensão de 5 Km. O objetivo era recolher o lixo acumulado na rodovia. A ação, desenvolvida por um grupo de voluntários foi feita com a autorização da EGR, empresa que faz o gerenciamento da estrada e escoltada pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar.


Instalação de eco barreira de contenção no Rio Abaúna


Para diminuir o acúmulo de lixo no Rio Abaúna, principalmente próximo à barragem de captação de água da Corsan, a Prefeitura de Getúlio Vargas, em parceria com um grupo de pessoas e empresas voluntárias, instalou no leito do rio uma barreira de contenção flutuante. A barreira ecológica foi feita com galões de plástico e materiais recicláveis, com custo zero para o Município. Ela também tem sistema de segurança para, em caso de o rio subir, se desprender para dar vazão à água.


Prefeitura de Getúlio Vargas firma contrato para castração de cães e gatos


Firmado contrato de prestação de serviços desde 2019 com o Hospital Veterinário e Laboratório de Solos São Francisco de Assis para a esterilização cirúrgica (castração) de animais domésticos: cães e gatos. O programa de castração tem como foco os animais de pessoas de baixa renda e animais abandonados. São disponibilizados oito procedimentos mensais: para cinco cadelas, dois cachorros e um gato.


O projeto conta com a parceria da Apasc e do COMDEMA. Quem precisar deste serviço deve procurar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no Centro Administrativo.


VEJA TAMBÉM

1212.png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Spotify

Radio Sideral Ltda. © Copyright 2020. Desenvolvido por Produuza Web